Farmacêutica tentou monopólio de medicamentos à base de maconha no Brasil

folha conta gotas Farmacêutica tentou monopólio de medicamentos à base de maconha no Brasil

O Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi) declarou que a proposição não atende ao requisito de “atividade inventiva”. Com informações da Folha

A farmacêutica Prati-Donaduzzi tentou patentear medicamentos à base de “canabinoides em um solvente oleoso” como invenção sua. O pedido foi negado pelo Inpi (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) e pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Leia: Maconha é alvo de disputa comercial no Brasil

O Inpi declarou que a proposição não atende ao requisito de “atividade inventiva”, enquanto a Anvisa barrou pela possibilidade da inclusão do THC, componente psicoativo da maconha, na liberação. Ainda cabe recurso. Procurada pela coluna, a empresa não quis se pronunciar.

Enquanto isso no Espírito Santo

O TRF-Rio decidiu manter a liminar que garante a oferta de canabidiol a uma menina de 8 anos, de Vitória, que sofre de encefalopatia epilética refratária. A decisão obriga o estado do Espírito Santo a bancar os R$ 5,3 mil do tratamento mensal. O relator do caso é o desembargador José Antonio Lisbôa Neiva, segundo informou O Globo.

Leia também:

Tailândia suspende patentes de maconha medicinal para evitar monopólio

#PraCegoVer: fotografia (de capa) que mostra uma folha de maconha verdinha e serrilhada e um conta-gotas de tetina branca contendo uma substância amarelada, que pinga, sendo segurados diante da câmera; ao fundo, fora de foco, pode-se ver os azulejos brancos de uma parede e parte de cima de equipamentos com alça de cor preta. Foto: ComCiência.

lazy placeholder Farmacêutica tentou monopólio de medicamentos à base de maconha no Brasil

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário