Exportação de flores ricas em THC do Uruguai para Portugal continua sendo um mistério

pistilos flor Exportação de flores ricas em THC do Uruguai para Portugal continua sendo um mistério

Embarque de uma tonelada de flores de cannabis com alto teor de THC do país hermano para Portugal, no final do último mês de outubro, continua um mistério. As informações são do MJBizDaily e a tradução pela Smoke Buddies

Um embarque de cannabis medicinal exportado do Uruguai no final de 2019 para a Europa está levantando as sobrancelhas, tanto sobre a identidade do comprador quanto o tamanho da carga.

O embarque de 1.000 kg (2.205 libras) de flores de cannabis com alto teor de THC foi legalmente exportado do Uruguai para Portugal no final do ano passado, de acordo com os documentos aduaneiros uruguaios visualizados pelo Marijuana Business Daily.

lazy placeholder Exportação de flores ricas em THC do Uruguai para Portugal continua sendo um mistério

Em comparação, a Alemanha — o maior importador de flores de cannabis medicinal do mundo — importou uma média de 542 kg por mês em 2019 para distribuição em farmácias.

O embarque uruguaio — provavelmente o maior embarque internacional único de cannabis medicinal — simboliza uma indústria de maconha medicinal cada vez mais global que ainda está na infância.

Leia mais: Crise de liquidez em setor de cannabis pode beneficiar Uruguai

No entanto, o importador, o objetivo e o destino final do produto permanecem em grande parte um segredo.

O documento aduaneiro mostra que a produtora licenciada Fotmer Life Sciences, do Uruguai, exportou a flor para Portugal em troca de US$ 3,2 milhões, incluindo custo, seguro e frete.

O importador português não está identificado no documento, datado de 23 de outubro de 2019.

A agência reguladora portuguesa responsável pela autorização das importações disse que as informações solicitadas pelo MJBizDaily “não são públicas”.

Portugal possui um marco regulatório que permite a venda doméstica de cannabis medicinal. Mas nenhuma empresa portuguesa conseguiu a aprovação necessária para começar a vender para pacientes do país.

Por esse motivo, parece ainda mais incomum que a flor com alto teor de THC tenha sido enviada para a nação europeia no final do ano passado — a menos que fosse destinada a outro país.

Oferta legal não atende demanda por maconha adulta no Uruguai

Importador desconhecido

O CEO da Fotmer, Jordan Lewis, reconheceu anteriormente o envio “de pouco mais de 1 tonelada de flores secas ricas em THC para um país da UE”.

No entanto, Vera Tochetti, diretora de marketing da empresa, disse ao MJBizDaily em fevereiro que a Fotmer não pode divulgar o nome do comprador.

A Infarmed, agência reguladora portuguesa responsável pela aprovação de importações e exportações de entorpecentes, também disse que não identificaria o comprador: “As informações específicas procuradas não são públicas, abrangendo o escopo de atividades das empresas licenciadas”, disse a agência ao MJBizDaily.

Os produtores portugueses de cannabis licenciados são os candidatos mais prováveis ​​a ter importado a flor do Uruguai, porque suas licenças incluem importação e exportação. Mas o importador também poderia ter sido, por exemplo, um laboratório não relacionado à cannabis que precisa de produto para fins de pesquisa.

No entanto, é improvável que uma quantidade tão grande tenha sido importada para pesquisa.

Leia – Portugal: um ano após legalização, milhares de pacientes ainda não têm acesso à cannabis

Apenas quatro empresas em Portugal possuíam uma licença de cannabis no momento em que a importação ocorreu, segundo o site da Infarmed.

Três das empresas — a Emmac Life Sciences, com sede em Londres (por meio de sua subsidiária Terra Verde), a The Flowr Corp.com, sede em Toronto (por meio de sua subsidiária Holigen / RPK Biopharma) e Sabores Púrpura em Coimbra, de Portugal — disseram que não estão envolvidas com o envio.

A produtora canadense Tilray não confirmou nem negou a MJBizDaily se era a importadora.

“Por razões comerciais, a Tilray não fornece detalhes de quem compramos ou detalhes de compra”, escreveu Sarah Sheppard, consultora de comunicações europeia da Tilray, em um e-mail.

Destino desconhecido

Os primeiros produtos de cannabis medicinal ainda não começaram a ser vendidos em Portugal, o que sugere que a flor com alto teor de THC poderia ter sido importada para Portugal com o objetivo de ser reexportada para outros países.

As únicas empresas que anunciaram publicamente exportações comerciais de cannabis de Portugal até agora são:

  • Tilray, para a Cannamedical, na Alemanha — 500 kg entregues no início de setembro de 2019. O documento aduaneiro uruguaio é datado do final de outubro de 2019.
  • Tilray, para a Canndoc, em Israel — 250 kg em janeiro de 2020, como parte de um “contrato de parceria estratégica de 2,5 toneladas (toneladas métricas)”. Alon Granot, CEO da Canndoc, com sede em Israel, confirmou ao MJBizDaily por e-mail que a importação da Canndoc de Portugal foi cultivada em Portugal sob as Boas Práticas de Fabricação da UE.
  • Emmac, para o Bazelet Group, em Israel — 400 kg em fevereiro de 2020. Antonio Costanzo, CEO da Emmac, disse ao MJBizDaily que a empresa “não importou nenhum produto para Portugal” e que a cannabis que exportou para Israel foi “cultivada e colhida em nossas instalações , Terra Verde ”, que fica em Portugal.

O produtor uruguaio Fotmer não possui certificação UE-GMP, de acordo com o banco de dados oficial da EudraGMDP da União Europeia, que pode limitar a possibilidade de a flor ser vendida não processada para pacientes em países como a Alemanha.

Leia também:

República Tcheca aprova expansão do cultivo e exportação de cannabis medicinal

#PraCegoVer: fotografia (em destaque) em plano fechado que mostra a flor de uma planta de cannabis no início de sua formação com vários pistilos de cor creme concentrados que contrastam com o verde-escuro das folhas. Imagem: Unsplash.

lazy placeholder Exportação de flores ricas em THC do Uruguai para Portugal continua sendo um mistério

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!