Ex-NFL revela que fumou maconha durante oito temporadas para tratar ansiedade

percy harvin 1 Ex NFL revela que fumou maconha durante oito temporadas para tratar ansiedade

O ex-jogador da NFL Percy Harvin revelou em entrevista que fumou maconha para tratar a sua ansiedade, durante os oito anos em que jogou na liga. As informações são do USA Today

Percy Harvin, ex-recebedor da NFL, reconheceu que combatia a ansiedade durante seus dias de jogo, automedicando-se com maconha, dizendo que jogava todos os jogos de sua carreira enquanto estava alto.

“Não teve jogo – não teve jogo que eu joguei que eu não estava chapado”disse Harvin ao Bleacher Report em um vídeo publicado quarta-feira (2). “E é isso que eu quero que o mundo veja hoje, não é um estigma e as pessoas fazem isso e se metem em um monte de problemas. São apenas pessoas que estão vivendo uma vida normal que apenas têm deficiências ou talvez apenas queiram se divertir. É uma maneira natural de fazer isso”.

lazy placeholder Ex NFL revela que fumou maconha durante oito temporadas para tratar ansiedade

Harvin, no entanto, nunca foi suspenso pela NFL por violar a política de abuso de substâncias da liga, que inclui maconha em sua lista de substâncias proibidas.

Leia: NFL estuda o uso de maconha para tratamento de dores

Harvin, agora com 31 anos, jogou nas oito temporadas da NFL com passagens pelo Minnesota Vikings, Seattle Seahawks, New York Jets e Buffalo Bills. Ele disse que foi diagnosticado com um transtorno de ansiedade e que sofria de ataques ao longo de seus dias de jogo.

“Esses foram provavelmente os piores anos da minha vida, justamente porque isso veio pra acabar”, disse Harvin sobre ter sido negociado com o Seahawks em 2013. “Minha ansiedade está no pior quando estou em situações desconhecidas”.

Harvin era conhecido por ser uma ameaça rápida no jogo que passava, além de ser um especialista em retorno de destaque.

Em sua carreira, ele pegou 353 passes para 4.026 jardas com 22 touchdowns, além de adicionar cinco pontos rápidos e cinco touchdowns de retorno.

“Quando fui diagnosticado, eu ainda não a reconhecia”, disse Harvin sobre sua ansiedade. “Mas quando comecei a perceber, foi quando comecei a falar ou entrar em ambientes diferentes, principalmente na conferência de imprensa com o Seahawks. Minha camisa estava suando, eles tiveram que levar água algumas vezes durante minha conferência de imprensa”.

Harvin lembrou-se de ir à Clínica Mayo para tentar tratar sua ansiedade e, a certa altura, receitaram sete prescrições diferentes para ele.

“A única coisa que realmente parecia funcionar era quando eu fumava maconha”, disse Harvin.

Tradução: Joel Rodrigues | Smoke Buddies.

Leia também:

Jogador da NFL anuncia aposentadoria fumando maconha no Instagram

#PraCegoVer: em destaque, fotografia em close-up e meio perfil de Percy Harvin, com um sorriso aberto e um fone de ouvido preto, acima da orelha, com a alça sobre a testa. Foto: Keith Allison | Creative Commons.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!