EUA: projeto de lei histórico de descriminalização da maconha é reintroduzido no Congresso

top bud creme EUA: projeto de lei histórico de descriminalização da maconha é reintroduzido no Congresso

O Ato de Oportunidades, Reinvestimento e Expurgação da Maconha foi aprovado na Câmara dos Representantes em dezembro, porém não foi encaminhado ao Senado; uma vez que o Congresso anterior foi substituído com o advento das eleições, a proposta deve ser formalmente reintroduzida. Informações do Motley Fool

Um projeto-chave de legalização da maconha voltou ao Congresso dos EUA. Na Câmara dos Representantes, na sexta-feira (28), o representante Jerry Nadler, presidente do Comitê Judiciário, reintroduziu o Ato de Oportunidades, Reinvestimento e Expurgação da Maconha (ou Ato MORE para abreviar). Se aprovado em lei, esse projeto de lei retiraria a cannabis do Ato de Substâncias Controladas, descriminalizando-a no nível federal.

Nadler, um democrata, escreveu em uma declaração: “Desde que apresentei o Ato MORE no último Congresso, vários estados em todo o país, incluindo meu estado natal, Nova York, passaram a legalizar a maconha. Nossas leis federais devem acompanhar esse ritmo”.

site sb EUA: projeto de lei histórico de descriminalização da maconha é reintroduzido no Congresso

O Ato MORE foi aprovado na Câmara em dezembro, mas não foi encaminhado para votação no Senado. Desde que o Congresso anterior foi substituído, o projeto de lei deve ser formalmente reintroduzido, daí a última jogada de Nadler.

Embora seja mais do que provável que a Câmara, ainda controlada pelos democratas, aprove o projeto novamente, provavelmente não tem muita chance no Senado. Na maior parte, os republicanos relutaram em votar a favor de qualquer medida de reforma da maconha e, com uma divisão 50/50 na Casa, eles podem usar o poder da obstrução para bloquear qualquer projeto de descriminalização.

Ainda assim, o retorno do Ato MORE é mais um lembrete de que a legalização da maconha é uma causa popular entre a população geral dos EUA e conta com o apoio político dos democratas no Congresso, pelo menos.

Na esteira do movimento de Nadler, as ações dos estoques canadenses de maconha em geral subiram; isso pode ser devido à esperança de um vasto novo mercado se abrindo para eles, uma vez que não podem vender cannabis diretamente no país sob o regime legal atual. Por exemplo, a Canopy Growth (NASDAQ:CGC), um termômetro ao norte da fronteira dos EUA, teve alta de 3,5% nas negociações do final da tarde de sexta-feira, ultrapassando o aumento de 0,3% do S&P 500.

Leia também:

Mais de dois terços dos médicos reconhecem o uso medicinal da cannabis nos EUA, segundo estudo

#PraCegoVer: fotografia de um top bud repleto de pistilos cor creme, que aparece em foco e acima da altura da rede branca que cobre o restante do cultivo. Imagem: Teanna Morgan | Unsplash.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!