Etiqueta da maconha: guia define bom comportamento para usuários de maconha

usuarios de maconha no Brasil ficam 12h sob o efeito da erva Etiqueta da maconha: guia define bom comportamento para usuários de maconha

Elizabeth Post, herdeira de escritora pioneira em etiqueta, descreve mudanças necessárias para mundo dominado pela maconha em novo livro. As informações são da Época.

Um complexo conjunto de princípios rege a boa conduta em público. Saber o que falar, quando falar e onde falar é de fato importante. Mas nessa engrenagem social, novas exigências entram em cena para questionar tais princípios. E a maconha é um exemplo disso. A pergunta é: você sabe como usá-la publicamente?

Parece um detalhe irrelevante. Mas não para Elizabeth Post, co-presidente do Emily Post Institute e bisneta de Emily. Ela escreveu o livro Higher Etiquette: A Guide to the World of Cannabis, from Dispensaries to Dinner Parties, que pode ser interpretado como: um guia completo para o uso da maconha, de reuniões corporativas a jantares sociais.

Para Elizabeth, a nova exigência pode alterar profundamente a maneira como nos portamos em público. Ela descreve uma série de comportamentos ligados à conduta, mais precisamente sobre onde e como é adequado e bem aceito fumar (ou não) maconha.

Nos Estados Unidos, o uso recreativo da maconha já é legalizado em 10 diferentes estados, enquanto o medicinal existe em 33. E a tendência é crescente.

Reconhecer oportunidades de negócio envolvendo a explosiva indústria da cannabis se tornou essencial. De acordo com um estudo da BDS e Arcview Market Research, o consumo global de cannabis movimentará US$ 32 bilhões até 2022.

Leia também: CEO Cannabis: conheça o investidor que cultiva uma rede de negócios à base de maconha

Confira algumas dicas da autora:

Inclusão e diversidade
No debate da cannabis, o que realmente importa é certificar-se de que não está sendo restritivo. Embora isso possa ocorrer, na maioria da vezes, de forma acidental, é preciso ser inclusivo e não banir uma pessoa de uma reunião social por ela fumar (ou não) maconha. Promover a diversidade e a liberdade de expressão, tanto para os consumidores da maconha quanto para os que não são envolve respeito e honestidade, explica Elizabeth Post.

Precisamos falar sobre isso
Como introduzir o assunto em uma roda de conversas? Esse é outro questionamento do livro. A maconha é um detalhe importante para Lizzie, que é defensora da planta há duas décadas. “Se a cannabis é legal e está entrando nas nossas cenas sociais de forma muito mais ampla, faz todo o sentido que a nossa empresa a comente”, disse a autora, em entrevista à revista Rolling Stone.

Ser consumidor é moderno
Não há mais razão para preservar o preconceito de que o consumo de maconha é algo mal interpretado. Nos países — e estados — em que a erva é legalizada, tabus são quebrados a fim de que o consumo seja visto como algo rotineiro via oral, medicinal, fumo e absorção pela pele. Para ela, o consumidor de maconha hoje é associado a um indivíduo moderno. Ela conclui, portanto, que seu livro é um guia para um “consumidor moderno” de cannabis.

Maconha no trabalho?
Não basta compreender que a crescente legalização da maconha impacta a indústria e o comércio. Lizzie Post vai além.

Em reportagem da Forbes, a autora afirma que, ao contrário do álcool, o consumo da maconha pode estar diretamente ligado ao ambiente corporativo. Enquanto reuniões de trabalho com bebidas ocorrem fora do expediente, a cannabis pode ser consumida na empresa, sobretudo se considerarmos seu uso medicinal. “É importante conhecer quais as políticas da empresa e, claro, manter o bom-senso”, explica ela.

Quando você é o convidado
Durante os quatro meses em que viajou pelos estados norte-americanos onde a maconha é legalizada, Elizabeth se hospedou em diferentes hotéis e imóveis do Airbnb. Com a experiência, ela descobriu a necessidade de transparência de regras com o anfitrião sobre o consumo e o descarte da cannabis.

#PraCegoVer: Fotografia mostra as mãos e parte do rosto de uma pessoa fechando um baseado.Crédito Dave Coutinho.

lazy placeholder Etiqueta da maconha: guia define bom comportamento para usuários de maconha

Sobre Smoke Buddies

O Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!
[mailpoet_form id="2"]
Deixe seu comentário