Esperança de legalização federal nos EUA faz ações de cannabis dispararem

flor seca dolar Esperança de legalização federal nos EUA faz ações de cannabis dispararem

A tomada do Senado americano pelos democratas dará ao partido o poder de avançar com os objetivos de legalização, deixando as ações de cannabis ainda mais atraentes

Os estoques de ações de empresas do setor de cannabis dispararam loucamente desde que os democratas passaram a liderar a corrida pelo Senado americano no estado da Geórgia.

Leia mais: Ações de maconha estão em alta com democratas prestes a controlar o Senado dos EUA

site sb Esperança de legalização federal nos EUA faz ações de cannabis dispararem

Segundo tweet de Brian Sozzi na manhã desta quinta-feira (7), as ações da Tilray, Hexo, Aphria, Organigram, Canopy Growth e Aurora estavam todas em dois dígitos, considerando o crescimento acumulado de dois dias.

As vitórias dos senadores Jon Ossoff e Raphael Warnock nesta quarta-feira darão aos democratas o controle do Congresso e o poder de avançar com os objetivos políticos do presidente eleito Joe Biden, que inclui a descriminalização e legalização da maconha em nível federal nos EUA. O novo cenário deixa as ações de cannabis ainda mais atraentes para os investidores.

As produtoras de maconha canadenses, bem como seus investidores, estão confiantes na eventual mudança na legislação. Aphria e Tilray anunciaram recentemente um plano de fusão, onde a empresa combinada seria uma das maiores empresas globais de cannabis.

Após a fusão, a Tilray continuará a negociar na Nasdaq com a Aphria se tornando uma unidade privada e o CEO da Aphria, Irwin Simon, liderando a empresa combinada.

A Tilray não é o único player que está fazendo movimentações mirando a legalização federal pelo Tio Sam. A empresa líder em bebidas Constellation Brands (NASDAQ:STZ) (NYSE:STZ), por exemplo, acrescentou ao seu investimento inicial de US$ 4 bilhões na Canopy Growth outros quase US$ 200 milhões investidos por meio de warrants no ano passado. Uma parceria que também vincula uma produtora canadense a uma estrutura de distribuição nos EUA.

Toda essa movimentação nos estoques de maconha foi resultado de investimentos especulativos, baseados em informações fora do controle direto das empresas. Agora, com o Senado dos EUA passando para o controle democrata, as expectativas de legalização ficam um passo mais perto de se tornarem realidade.

Leia mais: High Times vende lançamento inicial de flores de maconha no primeiro dia

Enquanto isso em Israel

A Bolsa de Valores de Tel Aviv lançou no início da semana passada um novo índice para nove empresas de cannabis medicinal em um esforço para impulsionar o comércio no setor em expansão.

O novo índice inclui nove empresas que estão “engajadas principalmente nas áreas de pesquisa, cultivo, venda ou produção e comercialização de produtos de cannabis medicinal”, disse a bolsa de valores de Tel Aviv.

Israel é líder na pesquisa de maconha e este ano o governo aprovou as exportações de cannabis medicinal, abrindo caminho para as vendas no exterior que devem gerar centenas de milhões de dólares em receita.

Leia também:

Vendas de maconha em Illinois (EUA) chegam a US$ 1 bi no primeiro ano de regulação do uso social

#PraCegoVer: em destaque, fotografia de uma pequena porção de flores secas de maconha, com pistilos marrons e laranjas, sobre um feixe de notas de dólar, em um fundo escuro e iluminação focada. Imagem: Hillary Kladke / Ali Nasser.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!