Empreendedores alemães veem oportunidade no mercado privado de cannabis medicinal

medico potes buds Empreendedores alemães veem oportunidade no mercado privado de cannabis medicinal

As seguradoras de saúde na Alemanha rejeitam um grande número de pedidos de reembolso para cannabis e alguns pacientes acabam optando por consultas privadas. Saiba mais com as informações do MJBizDaily

À medida que os pagamentos do seguro-saúde público para a cannabis medicinal estagnam na Alemanha, os empresários estão se concentrando no setor privado de saúde, onde as consultas médicas e a maconha são pagas diretamente pelos pacientes.

Embora a Alemanha seja frequentemente considerada um mercado atraente por que se espera que as seguradoras de saúde legais cubram o custo da maconha medicinal, as oportunidades no mercado privado podem ser ainda mais atraentes para algumas empresas.

gravital Empreendedores alemães veem oportunidade no mercado privado de cannabis medicinal

Stefan Fritsch, fundador da Grünhorn, uma farmácia em Leipzig especializada em cannabis medicinal, acredita que o mercado privado está crescendo forte.

Ele disse ao Marijuana Business Daily que as vendas de cannabis medicinal de Grünhorn para pacientes que usam prescrições privadas tiveram um crescimento mensal de dois dígitos durante todo o ano de 2020.

Algea Care, uma empresa alemã de telemedicina fundada em junho de 2020, começou a prescrever cannabis para pacientes em setembro. Em dezembro, havia mais de 500 pacientes ativos recebendo prescrições de cannabis, disseram os coCEOs Anna Kouparanis e Julian Wichmann ao MJBizDaily.

“Apoiar os pacientes em cada etapa e eliminar tarefas tediosas dos médicos resultou em uma melhora drástica na satisfação tanto dos pacientes quanto dos médicos”, disse Wichmann.

Acesse Pufflife.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leia mais: Mercado de cânhamo registra excedente de 61 mil toneladas nos EUA

Algea Care começou em Frankfurt em setembro e, no final do ano, havia adicionado locais físicos para consultas presenciais em Berlim e Cologne com “planos de curto prazo de expansão para Hamburgo e Stuttgart devido ao aumento da demanda”, disse Kouparanis.

Avaliar o tamanho do mercado privado alemão é complicado.

As autoridades alemãs não divulgaram proativamente os dados do mercado, ao contrário do Canadá e da Dinamarca, que divulgam uma abundância de dados trimestralmente.

Para 2019, o MJBizDaily estimou que 40% das flores vendidas foram pagas diretamente pelos pacientes.

Aproximadamente 10% da população alemã tem seguro-saúde privado, mas o mercado endereçável para as empresas de cannabis que buscam capitalizar nas prescrições privadas de maconha medicinal vai além desse grupo populacional.

A razão é que as seguradoras de saúde legais — que seguram a maioria da população alemã — rejeitam um grande número de pedidos de reembolso. Alguns desses pacientes podem optar por pagar do próprio bolso compras no mercado privado.

Há também um segmento de pacientes que nem tenta acessar cobertura de seguro por causa das dificuldades.

De acordo com Kouparanis, “o número crescente de pacientes que pagam do próprio bolso pode levar a uma maior compressão de preços porque esses pacientes são significativamente mais sensíveis aos custos”.

Leia também:

Quatro previsões ousadas para a indústria do cânhamo em 2021

#PraCegoVer: em destaque, foto que mostra parte do corpo de um médico, com jaleco branco e estetoscópio com detalhes em azul pendurado no pescoço, atrás de uma mesa branca, onde se vê dois potes transparentes contendo flores de maconha, e escrevendo em um caderno. Imagem: Thrillist.

smokebuddies logo2 Empreendedores alemães veem oportunidade no mercado privado de cannabis medicinal

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!