Duas mil pessoas marcharam pela legalização da maconha em Natal

marcha da maconha Natal Duas mil pessoas marcharam pela legalização da maconha em Natal

Ato em Natal chega ao seu décimo ano e reuniu mais de dois mil manifestantes pró legalização da maconha. As informações são do portal Saiba Mais.

A Marcha da Maconha chegou a 10ª edição em Natal, em ato realizado neste domingo (26) nas ruas de Ponta Negra. Segundo a organização, duas mil pessoas marcharam pela descriminalização da planta, além de reivindicarem uma nova política de drogas para o Brasil. O tema deste ano foi “Marcha da maconha 10 anos – industrial, medicinal, recreativo, religioso: Legaliza com supremo com tudo”.

Diego Castro, que é um dos organizadores do movimento na capital potiguar, falou que a marcha foi “Tranquila demais” e lembrou do manifesto do escrito em 2016:

“A Marcha da maconha é um evento social, lúdico e político. Nossa luta é para que o conhecimento sobre a planta seja difundida, motivado por todos e apoiado pelos órgãos de fomentação competentes. No nosso manifesto afirmamos que Temos como objetivo criticar severamente as leis proibicionistas, pois entendemos que estas são nefastas ao produzirem políticas públicas opressoras e de alto custo social. O lucro advindo do mercado ilegal, financia a violência, a corrupção, armando e estruturando cartéis e bandidos de alta periculosidade“.

lazy placeholder Duas mil pessoas marcharam pela legalização da maconha em Natal

#PraCegoVer: Fotografia mostra manifestantes carregando faixas e cartazes durante ato realizado em Natal. Crédito Portal Saiba Mais

Nova política sobre dorgas

O Senado aprovou, no dia 15 de maio, o PL que altera 13 artigos da lei de drogas do Brasil. As alterações foram propostas em 2013 pelo então deputado e hoje Ministro da Cidadania, Osmar Terra, e comemoradas pela bancada evangélica. O texto endurece as penas aos traficantes organizados em facções criminosas, facilita internações involuntárias, e reforça a abstinência como método de tratamento, deixando de lado a redução de danos.

O texto deve ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro. Além disso, o Superior Tirbunal Federal vai discutir o assunto no dia 5 de junho, independente da sanção presidencial.

O PSOL entrou na Justiça contra a nova política de drogas por discordar de três pontos: sobre a criação de um sistema paralelo ao SUS que fortalece as comunidades terapêuticas, sobre a internação involuntária e compulsória e sobre a dedução do imposto de renda sobre doações às comunidades terapêutica.

lazy placeholder Duas mil pessoas marcharam pela legalização da maconha em Natal

#PraCegoVer: Fotografia mostra funcionários da saúde carregando faixa em prol do uso medicinal da cannabis, onde podemos ler o nome de várias doenças e condições junto com a frase em destaque: “Não espere precisar para apoiar / Cannabis Medicinal”. Crédito portal Saiba Mais

Leia também:

Marcha da Maconha em BH leva milhares às ruas pela legalização

#PraCegoVer: Fotografia (de capa) mostra um manifestante vestindo regata branca com folhas de maconha pintadas na cor verde, segurando com uma das mãos a parte de baixo de uma vara que carrega uma bandeira nas cores verde, amarelo e vermelho e uma folha de maconha, na cor verde, ao centro. Crédito Portal Saiba Mais

lazy placeholder Duas mil pessoas marcharam pela legalização da maconha em Natal

Sobre Smoke Buddies

O Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!
[mailpoet_form id="2"]
Deixe seu comentário