Doutora responde: a cannabis medicinal tem efeitos colaterais?

cloroquina x cannabis jonas tavares thcamera photo Doutora responde: a cannabis medicinal tem efeitos colaterais?

Em sua coluna semanal, a Dra. Amanda Medeiros responde às principais dúvidas de leitores da Smoke Buddies sobre cannabis e saúde

O uso de cannabis pode prejudicar a qualidade do sêmen? Lactantes podem fazer tratamentos com canabinoides para ansiedade e insônia? A cannabis medicinal possui efeitos colaterais?

Leia também: Posso usar cannabis medicinal com remédios controlados?

Confira, a seguir, as respostas da doutora Amanda Medeiros, médica prescritora com certificação internacional em medicina canabinoide e experiência prática em clínica geral integrativa.

O uso de THC em combinação com o CBD pode prejudicar a qualidade do sêmen?

São necessárias mais pesquisas para responder completamente a esta pergunta.

Alguns estudos, entretanto, indicam que o THC em alta dosagem pode prejudicar a qualidade do sêmen em usuários crônicos. Por outro lado, sabemos que o CBD é um bom amigo da saúde sexual, por servir como anti-inflamatório e melhorar a libido.

Agora, vale dizer que não apenas os fitocanabinoides influenciam na qualidade do sêmen — condições genéticas, maus hábitos e até o uso de roupas que apertem demais os testículos são fatores que devem ser levados em consideração neste caso.

Lactantes podem fazer tratamento para ansiedade e insônia com cannabis?

Essa é mais uma pergunta para a qual não há uma resposta conclusiva pela falta de estudos robustos sobre a relação entre cannabis medicinal, gestação e lactação.

O que eu sugiro às lactantes é que façam o tratamento para ansiedade e insônia com terpenos, como a lavanda francesa, que acalma bastante, o alecrim, ou blends aromáticos. Sobre a cannabis medicinal, em específico, indicaria apenas para patologias de alto risco e com acompanhamento constante, pois consideramos gestantes e lactantes como grupos de risco para o uso de cannabis.

A cannabis medicinal tem algum efeito colateral?

Sim, em altas quantidades.

O THC, especificamente, pode causar vertigem, queda de pressão e taquicardia se usado em dosagem alta. O composto é vasodilatador, por isso causa hipotensão — tanto que tomamos muito cuidado no uso do THC em pacientes com arritmia cardíaca e marca-passo.

O CBD, por sua vez, em doses muito altas, pode trazer sonolência e enjoo. Neste caso, conseguimos contornar perfeitamente com acompanhamento médico.

De qualquer forma, não aconselhamos a automedicação de cannabis medicinal, pois, embora segura, pode sim apresentar os efeitos colaterais mencionados. Na dúvida, procure um profissional de saúde prescritor de cannabis.

Leia também:

Doutora responde: qual a diferença entre um produto de cannabis isolado, broad e full spectrum?

#PraTodosVerem: fotografia de um frasco conta-gotas de cor âmbar e tampa preta e, à sua frente, um bud de maconha, sobre uma superfície amarela que se confunde com o fundo. Foto: THCamera Cannabis Art.

 Doutora responde: a cannabis medicinal tem efeitos colaterais?

Sobre Dra Amanda Medeiros Dias

Médica, pós graduada em pediatria e nutrologia pediátrica, cursando psiquiatria infantil pelo CBI of Miami e com certificação internacional em medicina endocanabinoide pela Green Flower, na Califórnia (EUA). Tem experiência na prática em clínica geral integrativa com crianças e adultos, com visão holística, olhando o paciente como um todo. Além de prescritora, é paciente de cannabis medicinal desde 2018. Diretora técnica no Instituto Coração Valente, médica da Clínica Gravital e voluntária em projetos da UNA (Unidos pela Amazônia). CRM - 39.234 PR
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!