Dor e inflamação são os principais motivos pelos quais a cannabis baixa em THC interessa aos canadenses

buds frasco Dor e inflamação são os principais motivos pelos quais a cannabis baixa em THC interessa aos canadenses

O Canadá está considerando novas regras sobre a venda de produtos canabinoides e realizou uma pesquisa para avaliar o interesse público em cannabis medicinal livre de receita. Com informações do Hemp Industry Daily

As autoridades de saúde canadenses dizem que há uma forte demanda por cannabis com baixo teor de THC livre de receita, como o CBD, e a maioria das pessoas deseja usá-la para dor e inflamação se o país estabelecer um mercado legal.

Esse é o resultado de uma pesquisa recente da Health Canada. A agência está considerando novas regras sobre a venda de CBD e outros “produtos de cannabis para a saúde” e convidou o público a fazer uma pesquisa para avaliar o interesse em produtos canabinoides de venda livre.

gravital Dor e inflamação são os principais motivos pelos quais a cannabis baixa em THC interessa aos canadenses

O Canadá atualmente permite que o CBD e outros produtos canabinoides sejam vendidos apenas por varejistas de maconha para uso adulto com licença provincial.

Se as novas regras forem aprovadas, as províncias e os territórios teriam a capacidade de autorizar onde os produtos de saúde à base de cannabis poderiam ser vendidos, potencialmente incluindo farmácias, clínicas veterinárias e pet shops.

O governo diz que a pesquisa, realizada on-line entre junho e setembro, junto com pareceres científicos externos, deve “informar os próximos passos em um possível caminho regulatório adiante”.

As 1.104 respostas da pesquisa incluíram representantes da indústria da cannabis e associações de saúde e medicina veterinária, mas os consumidores constituíram a maioria com 684 entrevistados.

Acesse Pufflife.com.br

Leia mais: Ontário (Canadá) planeja dobrar as autorizações mensais de licenças de maconha

Destes, 579 expressaram interesse em usar produtos de saúde à base de cannabis para “questões relacionadas à dor e inflamação, como dores nas articulações ou nas costas, artrite, enxaquecas ou dores de cabeça”.

A maioria das pessoas que completaram a pesquisa escolheu mais de uma área de interesse para produtos de cannabis com baixo teor de THC. Estresse, ansiedade e depressão também foram citados como motivos por grande parte dos entrevistados (253). Problemas para dormir foi outra escolha popular.

“No geral, o feedback da consulta on-line dos consumidores indicou que eles acreditam que há uma forte demanda (por produtos de cannabis para a saúde), já que a cannabis é percebida como uma alternativa eficaz, natural e de baixo risco às drogas farmacêuticas atualmente no mercado”, diz o relatório.

Um dos objetivos da pesquisa era descobrir os “tipos de produtos em que estariam interessados ​​se tais produtos fossem legalmente disponibilizados no Canadá”.

A maioria dos entrevistados (414) demonstrou interesse em produtos que pudessem ser tomados por via oral, como extratos, tinturas, óleo ou cápsulas.

“Os canadenses estão interessados ​​nos potenciais usos terapêuticos da cannabis para fins como o alívio da dor para uso humano e animal, sem a necessidade de supervisão médica”, concluiu o relatório.

Não há prazo para a Health Canada tomar uma decisão sobre a permissão de “produtos de saúde à base de cannabis” com baixo teor de THC livres de prescrição médica.

Leia também:

Polícia de Ontário (Canadá) vê aumento no número de plantas de maconha furtadas em quintais

#PraCegoVer: em destaque, fotografia que mostra um frasco cilíndrico de cor laranja, com rótulo branco, azul e amarelo, de onde saem buds de cannabis formando uma porção ao lado, em uma superfície branca. Foto: EyeCare 20/20.

smokebuddies logo2 Dor e inflamação são os principais motivos pelos quais a cannabis baixa em THC interessa aos canadenses

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!