Desafios da Black Friday no mercado canábico

black friday Desafios da Black Friday no mercado canábico

Apesar do sucesso da Black Friday no Brasil e no mundo, muitos negócios ficam de fora do radar dos clientes por oferecerem produtos e serviços classificados pelo Google como “perigosos”, como é o caso das tabacarias e Head Shops. Contudo, os amantes da cultura canábica têm um forte aliado no mercado digital. Saiba mais, a seguir

Quem atua no mercado canábico sabe das dificuldades em falar sobre maconha na internet. Mesmo com todo o avanço no acesso à informação, ainda existe muito tabu acerca das tabacarias e Head Shops, até por parte de muitos maconheiros que acreditam cegamente que esses estabelecimentos comercializam a erva. Por conta desse tabu e das inconsistências da legislação brasileira, muitos empreendedores são prejudicados quando investem na digitalização dos seus negócios, dificultando sua atuação na Black Friday, a maior data comercial do mundo.

O que significa Black Friday?

gravital sb Desafios da Black Friday no mercado canábico

A Black Friday é um evento comercial que surgiu nos Estados Unidos com o objetivo de reforçar as vendas de fim de ano. Essa data está atrelada ao Dia de Ação de Graças, um feriado tradicional dos EUA que ocorre na última quinta-feira de novembro.

Dessa forma, desde os anos 90 os americanos aproveitavam o dia seguinte ao feriado para comprar os mais diversos produtos com descontos. Esse movimento resulta até hoje em filas enormes, assim como superlotação das lojas de segmentos variados, não só estadunidenses como também em diversos outros países que abraçaram essa prática comercial.

Black Friday e e-commerces

Já era esperado que com o sucesso da Black Friday nas lojas físicas, os comércios on-line em algum momento buscariam meios de participar deste frenesi de compras, tendo como alvo clientes loucos para consumir no conforto de suas casas.

Os resultados respondem por si só: em novembro de 2020, no auge da pandemia, as lojas virtuais bateram recordes de vendas. Foram realizadas na data 7,6 milhões de compras on-line, um número 24,6% maior que o registrado na Black Friday do ano anterior, segundo um levantamento da NeoTrust / Compre & Confie.

Atualmente, estratégias de vendas on-line na Black Friday são amplamente estudadas e otimizadas, principalmente quando falamos de mídias pagas, como Google Ads e Facebook Ads. Não é difícil encontrar, por exemplo, e-commerces que antecipam a Black Friday rodando anúncios antes do evento, visando principalmente custos mais reduzidos, já que a concorrência se torna maior nos dias mais próximos à data.

Black Friday em tabacarias

Apesar do sucesso dessa data no Brasil e no mundo, muitos negócios ficam de fora do radar dos clientes por oferecerem produtos e serviços carinhosamente apelidados pelo Google como “perigosos”, como é o caso das tabacarias e Head Shops.

Quaisquer produtos relacionados a substâncias recreativas ou ao tabaco, como sedas, bongs e piteiras, são estritamente proibidos de serem anunciados pelo Google Ads ou Facebook Ads. O cenário das Head Shops é ainda mais desanimador quando falamos sobre redes sociais, que deliberadamente bloqueiam perfis que tocam no assunto cannabis, até mesmo os que produzem conteúdos informativos e jornalísticos sobre a erva.

Porém, nós, amantes da cultura canábica, ainda temos um forte aliado no mercado digital, que é a mídia orgânica. Neste canal de tráfego não são utilizados anúncios, mas sim a pesquisa direta por parte do usuário nos mecanismos de busca, como o Google e Bing. Dessa forma, as ferramentas de busca vão posicionar seu site para determinadas palavras-chave buscadas pelo usuário de acordo com a relevância das suas páginas para cada busca, levando em consideração diversos fatores. Assim, se seguirmos as boas práticas dos buscadores, é possível participar da Black Friday de forma proveitosa.

O que fazer para performar melhor na Black Friday?

Listamos três estratégias que podem ser determinantes para o seu site performar melhor nesta Black Friday:

1. Integrar os canais de tráfego

Pensando que atualmente os clientes buscam comprar independentemente do horário e local, apenas por se conectar à internet e principalmente na Black Friday, onde buscarão ofertas especiais, é importante que todos os canais de tráfego sejam integrados. Site, redes sociais, e-mail: toda a sua comunicação deve estar voltada ao grande evento que ocorrerá em novembro e, para isso, é necessário desenvolver um planejamento que contemple uma comunicação assertiva.

2. Otimize palavras-chave ligadas à Black Friday de forma ampla

Quanto mais próximo das semanas de alta da Black Friday, termos como “Black Friday” e “Black Friday 2021” tendem a aumentar nas buscas nos mecanismos de pesquisas. Fazer um estudo de palavras-chave que gere atenção e atração do cliente permitirá que potenciais clientes conheçam a marca, as ofertas e possivelmente efetuem a compra. Para isso, otimize elementos como título, heading tags e conteúdos de apoio, com estas palavras-chave, em todos os departamentos, categorias e páginas de produtos em que houver ofertas ligadas à Black Friday.

3. Crie uma landing page para a Black Friday

É interessante criar uma landing page que concentre as principais ofertas da sua Black Friday. Esta página, que geralmente leva o complemento /black-friday/ no link, pode receber a otimização da combinação da palavra-chave principal do seu negócio + Black Friday, ou Black Friday 2021. Dessa forma, além de facilitar a jornada do usuário pela sua loja, ao otimizar a landing page com as palavras-chave adequadas, há uma probabilidade maior de que os consumidores canábicos em busca de desconto encontrem sua marca.

Um exemplo prático dessa estratégia é a tabacaria King Bong Head Shop que, além de criar um clima de Black Friday por todo o site em novembro, possui uma categoria orientada para o grande evento, concentrando as melhores ofertas em uma página.

Banner smokebudies Desafios da Black Friday no mercado canábico

Black Friday na King Bong

A King Bong está trazendo uma variedade de produtos para a sua sessão 4:20 com descontos de até 82% para o fim de novembro. Sedas, piteiras, kits e bongs com descontos especiais da Black Friday por tempo limitado.

Além disso, a King Bong também traz ofertas exclusivas em sua nova linha própria de bongs de vidro de alta qualidade, com opções com percolator, para quem está buscando aquele bong mais eficiente na filtragem de impurezas e resfriamento da fumaça (foco na redução de danos!).

Este é um conteúdo publieditorial patrocinado pela King Bong Head Shop.

#PraTodosVerem: em destaque, imagem mostra um letreiro neon com as palavras “Black Friday”, em rosa e azul, respectivamente, em uma parede de tijolos aparentes escura.

smokebuddies logo2 Desafios da Black Friday no mercado canábico

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!