Delta-8-THC é uma resposta do mercado à falta de orientação dos órgãos reguladores sobre o CBD

frasco conta gotas botoes Delta 8 THC é uma resposta do mercado à falta de orientação dos órgãos reguladores sobre o CBD

Nos EUA, os estados estão estabelecendo proibições e restringindo vendas em reação a um mercado em expansão de delta-8-THC e outros isômeros do CBD, mas, segundo os defensores da indústria do cânhamo, o problema poderia ter sido evitado se os reguladores federais não tivessem atrasado a regulamentação do canabidiol por tanto tempo. Entenda mais com as informações do Hemp Industry Daily

Fechando-se três anos desde que a Farm Bill (lei agrícola) de 2018 tornou o cânhamo uma mercadoria legal nos EUA, as partes interessadas dizem que a inação da Food and Drug Administration (FDA — agência reguladora de drogas dos EUA) em fornecer orientações e regulações para o CBD (canabidiol) derivado do cânhamo é culpada por criar um gargalo no mercado, deixando grandes fabricantes de bens de consumo embalados e grandes varejistas (“big-box”) temerosos em entrar no espaço do CBD.

As empresas de cânhamo responderam explorando mensagens contraditórias na lei federal para usar o excesso de cânhamo e CBD destilado e isolado que resultou da demanda artificial, dando origem a canabinoides sintéticos menores, como delta-8 e delta-10-THC.

site sb Delta 8 THC é uma resposta do mercado à falta de orientação dos órgãos reguladores sobre o CBD

Os defensores de produtos como delta-8-THC e delta-10-THC argumentam que, como a Farm Bill 2018 legalizou os extratos de cânhamo, os produtos são legais.

Mas a Drug Enforcement Administration (DEA — agência antidrogas dos EUA) discorda, dizendo que, como o delta-8-THC é fabricado a partir do CBD derivado do cânhamo, e não extraído diretamente da planta do cânhamo, é uma substância controlada.

 Delta 8 THC é uma resposta do mercado à falta de orientação dos órgãos reguladores sobre o CBD

“O delta-8 me parece ser inteiramente uma resposta do mercado à falha em tomar medidas por parte da FDA”, disse Josh Schneider, CEO da Cultivaris Hemp, com sede em San Diego, Califórnia.

“Todo mundo está sentado em tanto isolado e destilado de CBD que era inevitável que fosse usado para produtos diferentes dos pretendidos.”

 

 

 

Leia mais: Empresas de CBD perderão participação de mercado para o delta-8-THC em 2021

O impacto do delta-8-THC no mercado de cânhamo foi duplo, disse Kyle Ray, diretor de operações da Colorado Chromatography em Broomfield, Colorado. A empresa parou de fabricar e vender delta-8-THC quando a DEA publicou sua regra final interina sobre extrações de cânhamo no verão passado para alinhar seus regulamentos com a Farm Bill 2018.

O delta-8-THC deu aos agricultores e extratores uma saída para o enorme excesso de oferta de cânhamo com o qual eles estavam perdendo dinheiro, disse ele, mas retratou uma imagem menos do que favorável para a indústria do cânhamo.

“As pessoas ainda estavam processando a biomassa de 2019 no início deste ano e não tinham ideia do que iriam fazer com ela. Mas desde o delta-8, agora estamos começando a ver um aumento nos preços do CBD isolado, um aumento nos preços do óleo bruto, um aumento nos preços do cânhamo”, disse Ray.

Esses preços crescentes têm sido um alívio bem-vindo para fazendas e empresas prejudicadas.

Casey Flippo, CEO da Natvana, empresa de extração de cânhamo sediada em Little Rock, Arkansas, disse que embora sua empresa não trabalhe com delta-8-THC, ele entende por que outras pessoas o fazem — e apoia a decisão de fazer o que puderem para manter as luzes acesas.

“Está se transformando em uma situação em que (os reguladores) permitiram a todos a liberdade suficiente para investir financeiramente muito dinheiro, tempo e esforço nisso — todo o caminho até o nível agrícola — e sem liberdades suficientes para realmente criar um mercado válido, e muitas pessoas estão sofrendo por causa disso”, disse ele.

Flippo disse ao Hemp Industry Daily que um amigo da indústria foi recentemente baleado e morto em um negócio de flores de cânhamo que deu errado, então ele incentiva fortemente os empresários a “tentarem e fazerem a coisa certa, para sua segurança pessoal”.

“Quer estejam tirando a própria vida por que estão em ruínas financeiras ou levando tiros por que estão lidando com traficantes para sobreviver… é uma ação forçada neste momento”, disse Flippo.

“Você está criando essa subcultura de pessoas que estão testando os limites.”

Delta-8-THC oferece uma “alta” legal nos EUA, mas o negócio em expansão pode virar fumaça

Mais repressões chegando

Embora produzir e vender delta-8-THC possa ter parecido a resposta certa para empresas que buscam novos fluxos de receita após a queda do preço do cânhamo, ainda tem um custo para a indústria como um todo, disse Marielle Weintraub, presidente da certificadora de produtos de terceiros US Hemp Authority.

“Infelizmente, a decisão de vender um produto feito principalmente de um canabinoide inebriante sob o pretexto de cânhamo legal antes que a FDA liberasse oficialmente um caminho claro para o cânhamo e os compostos derivados do cânhamo pode minar os árduos esforços para garantir a regulamentação da FDA”, disse Weintraub.

Apesar de sua popularidade entre os consumidores, vender delta-8-THC não é uma estratégia de negócios sustentável de longo prazo, disse Michael McGuffin, presidente da Associação Americana de Produtos Herbáceos.

“Minha previsão é que não permanecerá no mercado por muito tempo”, disse McGuffin, acrescentando que há uma “quase inevitabilidade” de que haverá uma repressão federal ao delta-8-THC.

O envolvimento e a fiscalização entre as agências estaduais e federais estão aumentando atualmente, à medida que mais mercados estão “emitindo declarações de políticas ou regulamentações que proíbem expressamente esta substância ou esclarecendo que esta substância já é proibida pela lei atual”, disse a advogada Shawn Hauser, sócia da Vicente Sederberg, escritório de advocacia canábica baseado em Denver, Colorado.

Ela antecipa que a indústria verá mais fiscalização por parte dos procuradores-gerais do estado e da DEA.

As empresas que continuam a comercializar delta-8-THC e delta-10-THC estão fazendo isso por sua própria conta e risco, incluindo potencial responsabilidade civil e criminal sob as leis estaduais e federais, bem como responsabilidade pelo produto, disse Hauser.

Leia mais: Apesar da agitação em torno do delta-8, cultivo para canabinoides é dominado por CBD e CBG

Delta-8-THC e outros ainda poderiam ter um lugar no mercado de cannabis com mais pesquisas, disse Hauser.

“Mas, dada a natureza inebriante deste canabinoide em particular e que esses produtos não foram estabelecidos como ingredientes legais e seguros (sob o Ato de Alimentos, Drogas e Cosméticos), é provavelmente regulamentado de forma mais adequada pelos regimes regulatórios estaduais da maconha, onde qualidade, segurança e padrões de marketing claros são aplicados e cumpridos”, disse ela.

O problema com proibições

Alguns estão preocupados que, se o delta-8-THC for banido, os fabricantes de produtos irão pivotar para a criação de outros isômeros, que os reguladores também irão proibir, e o ciclo continuará até que os reguladores fiquem frustrados e instituam proibições a todos os canabinoides menores convertidos, como o CBN, um produto de THC degradado.

Enquanto isso, empresas de toda a indústria da cannabis estão investindo milhões em canabinoides menores por causa de seus benefícios potenciais para a saúde e o bem-estar.

“Minha grande preocupação com tudo isso é que eles comecem a aglomerar todos os canabinoides convertidos com o delta-8, e o delta-8 arraste toda a indústria com ele”, disse Ray.

“É quando você verá problemas reais surgindo… porque eles vão perceber que não há uma maneira realmente boa de banir efetivamente todos os canabinoides psicoativos da planta do cânhamo.”

Essa possibilidade poderia ajudar a defender a legalização federal da maconha, disse Hauser.

“Isso realmente enfatiza a necessidade de regulamentação da FDA sobre produtos de cânhamo consumíveis… e a necessidade de segurança do consumidor para a legalização e regulamentação de toda a cannabis federalmente para garantir que a fabricação e venda de produtos de cannabis estejam sujeitos a padrões de qualidade e segurança adequados”, disse ela.

“À medida que aprendemos mais sobre a planta, entendemos os benefícios e usos potenciais de seus vários canabinoides, e devemos garantir que eles sejam regulamentados com segurança e responsabilidade.”

Veja também:

Novo México (EUA) recebe investimento de US$ 300 mi em instalações de pesquisa e produção de cannabis

#PraCegoVer: fotografia, em fundo branco, que mostra a ponta de um conta-gotas contendo óleo amarelo translúcido, e deixando cair uma gota da substância, acima de um frasco âmbar, e vários botões de flor brancos pequeninos que aparecem por toda a imagem, do primeiro plano ao fundo, em pior foco. Crédito: Crystalweed / Unsplash.

smokebuddies logo2 Delta 8 THC é uma resposta do mercado à falta de orientação dos órgãos reguladores sobre o CBD

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!