Cultivo doméstico de maconha para uso medicinal se aproxima em Nova York

buds bandeja Cultivo doméstico de maconha para uso medicinal se aproxima em Nova York

Regulamentos que visam permitir a pacientes o cultivo caseiro de cannabis estão em período de consulta pública em Nova York, onde os residentes podem ter direito ao uso terapêutico da planta se forem diagnosticados com uma das várias condições debilitantes. As informações são do Hemp Gazette, traduzidas pela Smoke Buddies

O Conselho de Controle de Cannabis do Estado de Nova York deu mais um passo para permitir o cultivo doméstico de cannabis para uso medicinal.

Na segunda quinzena de outubro, o conselho votou para lançar regulamentos avançados por um período de comentários públicos de 60 dias.

site sb Cultivo doméstico de maconha para uso medicinal se aproxima em Nova York

Os regulamentos propostos permitem que cada paciente registrado cultive até três plantas maduras e três imaturas, mas há limite de residência de seis plantas maduras e imaturas. Cuidadores designados com mais de 21 anos de idade que cuidam de um paciente com menos de 21 anos incapaz de cultivar suas próprias plantas de cannabis podem fazê-lo em nome do paciente. No caso em que o cuidador tem mais de um paciente, uma planta adicional pode ser cultivada para cada paciente.

Veja também: Checklist processual: como pleitear o cultivo de cannabis para uso medicinal?

As plantas precisarão ser mantidas em um local seguro, não totalmente visível ao público, e medidas deverão ser tomadas para mitigar qualquer odor.

Além disso, sementes, plantas e inflorescências não podem ser vendidas a outra pessoa e qualquer processamento doméstico envolvendo um líquido ou gás — exceto álcool — não é permitido quando o líquido ou gás tem um ponto de inflamação abaixo de 100 graus Fahrenheit (37,7 graus Celsius).

“Com a votação de hoje, estamos avançando essas medidas para o cultivo doméstico de cannabis medicinal para a contribuição do público à medida que continuamos a expandir o programa e dar a mais nova-iorquinos acesso a este medicamento e ao alívio que ele fornece”, disse a presidenta do Conselho de Controle de Cannabis, Tremaine Wright.

Os regulamentos foram protocolados no Departamento de Estado de Nova York.

Nova York aprova venda de inflorescências de maconha para uso medicinal

Os residentes de Nova York podem ter direito à maconha medicinal se forem diagnosticados com uma das várias condições debilitantes ou com risco de vida, incluindo dor que degrada a saúde e a capacidade funcional. Os profissionais de saúde registrados no Programa de Maconha Medicinal do Departamento de Saúde do Estado de Nova York podem emitir certificações.

A maioria das formas de cannabis medicinal é permitida pelo programa, exceto para fumar e comestíveis — como isso funciona com o aspecto de cultivo doméstico não está claro e seria bastante difícil de policiar.

Atualmente, existem cerca de 40 locais de distribuição em todo o estado, mas muitos deles estão na área metropolitana da cidade de Nova York, tornando mais difícil para aqueles em outros locais o acesso aos medicamentos. O cultivo doméstico é visto como uma forma de ajudar a resolver o problema.

Leia mais: Regulamentação da cannabis em Nova York proíbe presentes

#PraTodosVerem: fotografia mostra uma bandeja branca, de fundo vazado forrado com tela, contendo vários buds de maconha colhidos e duas tesouras de poda de cabo laranja, e uma vegetação ao longe que aparece no canto superior direito da imagem, em pior foco. Crédito: Crystalweed | Unsplash.

smokebuddies logo2 Cultivo doméstico de maconha para uso medicinal se aproxima em Nova York

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!