Canadá classifica a cannabis medicinal como essencial em meio à pandemia de Covid-19

flor cultivo dave Canadá classifica a cannabis medicinal como essencial em meio à pandemia de Covid 19

A maioria das províncias canadenses já permitia que as empresas de cannabis permanecessem operacionais durante o surto de coronavírus. Com informações do MJBizDaily e tradução Smoke Buddies

O governo federal do Canadá considerou a produção de cannabis medicinal “essencial” para a infraestrutura crítica de saúde do país durante a pandemia de COVID-19.

A designação visa auxiliar províncias, municípios e empresas na tomada de decisões em torno dos tipos de funcionários considerados essenciais para a saúde, segurança e bem-estar econômico do país.

lazy placeholder Canadá classifica a cannabis medicinal como essencial em meio à pandemia de Covid 19

Embora a designação seja de natureza não vinculativa e consultiva, é importante porque toda a produção de cannabis, incluindo maconha medicinal, é regulamentada pelo governo federal.

As orientações sobre serviços e funções essenciais podem ser encontradas aqui.

“O fabricante, as operações de logística e armazém e a distribuição de cannabis para fins médicos foram identificados como serviços essenciais”, de acordo com um e-mail obtido pelo Marijuana Business Daily,  enviado a vários grupos de partes interessadas pelo diretor em exercício do Escritório de Acesso Médico e Autorizações Especializadas.

“A Health Canada esteve e continuará em contato com empresas que possuem uma licença de vendas médicas para entender os desafios que estão enfrentando”, de acordo com o e-mail enviado em 2 de abril.

“Com base nas informações que recebemos até o momento, os detentores de licenças permanecem abertos, continuam produzindo cannabis e processando solicitações”.

Crise de coronavírus mostra que maconha é essencial e mainstream

O Canadá tinha 370.000 registros ativos de cannabis medicinal em setembro de 2019, além de outros 30.000 registros de produção pessoal ou designada, tornando-o o maior esquema regulado federalmente no mundo.

A maioria das províncias canadenses permitiu que as empresas de cannabis e suas cadeias de suprimentos permanecessem operacionais em meio a medidas mais rigorosas de distanciamento físico adotadas para retardar a propagação do COVID-19.

O grupo de pacientes Canadenses pelo Acesso Justo à Maconha Medicinal (CFAMM) juntou-se a outros, incluindo o Conselho de Cannabis do Canadá, num lobby junto ao governo federal para classificar a cannabis medicinal como um serviço essencial. Uma petição da Câmara dos Comuns obteve cerca de  2.600 assinaturas.

O CEO do Conselho de Cannabis do Canadá, George Smitherman, disse que a medida é um reconhecimento da natureza essencial da cannabis medicinal no sistema de saúde do país.

“Durante esse período, é essencial que a entrega de cannabis diretamente ao paciente permaneça”, disse Smitherman, caso contrário, os pacientes recorrerão a fontes não regulamentadas com produtos não testados.

Smitherman disse que o setor continua sendo um setor de startups e novos negócios estão vulneráveis ​​às interrupções causadas pelo COVID-19.

“Nós continuamos a pressionar o governo para que o setor de cannabis tenha acesso igual aos demais serviços oferecidos pelo governo, como os do Banco de Desenvolvimento de Negócios do Canadá”, disse ele.

O vice-presidente do CFAMM, Max Monahan-Ellison, disse: “Estamos entusiasmados em ver o governo dar esse passo para garantir a manutenção do acesso do paciente à cannabis medicinal e agradecemos o apoio da Arthritis Society, Wounded Warriors Canada, a Canadian AIDS Society, NORML Canada, SheCann, o Conselho de Cannabis do Canadá e das demais do lado sem fins lucrativos e corporativo para impulsionar isso”.

“Agora, estaremos voltando nosso foco para enfrentar os maiores desafios de acessibilidade que os pacientes enfrentam no momento”.

A Public Safety Canada, que compilou a lista não exaustiva de serviços e funções essenciais, disse que continuará consultando e alterando a lista conforme o necessário.

Leia também:

Canadá: laboratórios de cannabis estão dispostos a ajudar nos testes para Covid-19

#PraCegoVer: fotografia (em destaque) de um cultivo de maconha com flores de pistilos alaranjados e brancos, com foco em uma delas, no primeiro plano. Foto: Dave Coutinho | Smoke Buddies.

lazy placeholder Canadá classifica a cannabis medicinal como essencial em meio à pandemia de Covid 19

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!