Em meio à pandemia de Coronavírus, Marcha das Favelas distribui cestas básicas e quentinhas

marcha das favelas coronavirus Em meio à pandemia de Coronavírus, Marcha das Favelas distribui cestas básicas e quentinhas

Mais de 90 cestas básicas, 60 kits de higiene pessoal e da casa, além de 100 quentinhas foram distribuídas gratuitamente na última semana. Previsão da organização é manter ação enquanto houver isolamento social e mobilidade reduzida – veja como ajudar a Marcha das Favelas

Recentemente, trouxemos a entrevista feita pela Vice com um ativista pela legalização da maconha, em Manchester na Inglaterra, que foi às ruas doar papel higiênico, algumas flores de maconha e outros itens essenciais para as pessoas que responderam ao seu post e a população em situação de rua, em meio à pandemia de Covid-19.

Leia mais: Ativista doa maconha e papel higiênico na Inglaterra

site sb Em meio à pandemia de Coronavírus, Marcha das Favelas distribui cestas básicas e quentinhas

Sem precisar atravessar o mundo, vemos por aqui ações realizadas e promovidas pela militância da Marcha das Favelas que, além de atender a população em situação de rua, está atendendo também os moradores mais carentes do Complexo do Alemão, da Penha, Morro do Adeus, Baiana, Grota e entre outras.

 Em meio à pandemia de Coronavírus, Marcha das Favelas distribui cestas básicas e quentinhas

#PraCegoVer: fotografia que mostra pessoas doando e recebendo cestas básicas, juntas a um caminhão, no Complexo da Penha, Rio de Janeiro. Foto: Marcha das Favelas.

Desde que a pandemia de coronavírus chegou ao Rio de Janeiro, “junto com o distanciamento e isolamento social, a ajuda aos mais necessitados ficou cada vez mais escassa e essa população ficou totalmente desassistida e vulnerável“, conta Henrique Neves, um dos integrantes do movimento.

Segundo Neves, “na primeira semana foram distribuídas às famílias carentes do Complexo da Penha mais de 90 cestas básicas, junto a 60 kits de higiene pessoal e produtos de limpeza para casa e, às pessoas em situação de rua, foram distribuídas 100 quentinhas adquiridas com Dona Sílvia, uma cozinheira que depende da venda para o seu sustento e da família”.

“Devido a pandemia e a falta de circulação de pessoas nas ruas e os comércios fechados, nota-se a necessidade de acolher a população em situação de rua… É preciso nos atentarmos à camada mais vulnerável da população, sendo assim, além da sua doação levar um prato de comida, levará também: respeito, dignidade e afeto para essas pessoas marginalizadas. Você pode nos ajudar a montar um prato de comida? Não é só o coronavírus que mata, a fome também”, assim descreve o texto do evento nas redes sociais e compartilhado pelo Whatsapp, alertando e pedindo ajuda.

Confira os registros abaixo:

Para doações

Os principais itens solicitados são água potável, alimentos não perecíveis, sabonete, papel higiênico, álcool, água sanitária, detergente e descartáveis (copos, pratos, talheres e guardanapo) e as doações podem ser feitas no Ponto de Arrecadação montado na Rua Aquiri, 527, em Bonsucesso (RJ), ou nas contas bancárias descritas abaixo. Link para doação on-line: Vakinha da Marcha das Favelas

Contas para depósito

Campanha das quentinhas
Contato:
Conceição (21) 98580-4401
Henrique (21) 99101-3116

Conta para deposito
Banco Caixa Econômica Federal
Maria da Conceição Gomes Vieira da Silva
CPF: 684.125.847-91
Operação: 013
Agência: 4095
Conta poupança: 35755-4

Campanha do Alemão
Contatos:
Lívia (21) 97916-6910
Felipe (21) 96510-7434

Conta para deposito
Banco do Brasil
Priscila Lívia dos Santos
CPF: 151.454.347-11
Agência: 1254-8
Conta corrente: 2327-2

Campanha Penha:
Contato:
Bruna (21)975874621

Conta para doações
Banco Itaú
Aline Cristina dos Santos Alegria
AG 5656 CC 34215-0
CPF 055.518.877-64

Contatos
Conceição: (21) 98580-4401
Lívia: (21) 97916-6910
Felipe: (21) 96510-7434
Henrique: (21) 99101-3116

Saiba mais através do Instagram da Marcha das Favelas – Pela Legalização / @marcha_das_favelas

#PraCegoVer: em destaque, fotografia que mostra pessoas doando e recebendo cestas básicas no Complexo da Penha, Rio de Janeiro. Foto: Marcha das Favelas.

 Em meio à pandemia de Coronavírus, Marcha das Favelas distribui cestas básicas e quentinhas

Sobre Dave Coutinho

Carioca, Maconheiro, Ativista na Luta pela Legalização da Maconha e outras causas. CEO "faz-tudo" e Co-fundador da Smoke Buddies, um projeto que começou em 2011 e para o qual, desde então, tenho me dedicado exclusivamente.
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!