Com a palavra, a maconherada: 50 reações ao vídeo de prevenção ao uso da maconha

maconha voce nunca sera livre se escolher usar drogas capa Com a palavra, a maconherada: 50 reações ao vídeo de prevenção ao uso da maconha

Nós também já fomos como você, cheios de sonhos para explanar a maconha no país. Nós queríamos que a informação ganhasse o mundo, e fosse livre de preconceitos. Foi quando, para coroar a campanha de prevenção ao uso de drogas, o governo federal lançou um vídeo sobre a maconha

A anedota faz parte de uma brincadeira que correu as redes sociais desde que o vídeo sobre maconha da campanha de prevenção ao uso de drogas, desenvolvida pelo ministério da Cidadania, ganhou destaque na internet, na tarde de quarta-feira (17). O roteiro da peça publicitária segue o enredo de que, desde que fumou maconha para se enturmar, o personagem se viu, de certa forma (e literalmente), preso à erva – e dá a entender que seus sonhos, objetivos e sua liberdade foram encerrados por conta disso.

O vídeo que retrata um maconheiro, por assim dizer, gerou reações de pessoas que, de fato, consomem ou são simpatizantes à maconha – e que, em sua maioria, não se sentiram bem representadas pelo discurso apresentado na narrativa da campanha.

O post do Instagram em que apresentamos o vídeo e pedimos a opinião de quem nos segue na rede, que ultrapassou, no momento da redação deste texto, 210 comentários, é apenas um pequeno reflexo de quão distorcida, aos olhos da maconherada, é a imagem de um maconheiro pelo governo.

A seguir, e como prometido, reunimos cinquenta depoimentos de leitores(as) que retratam de maneira mais, digamos, realista, a opinião de uma pessoa que consome (e/ou apoia) maconha no Brasil sobre essa história toda.

Parafraseando…

1 – “Eu também ja fui como vc, cheio de sonhos. Eu queria ganhar o mundo, ser livre. E pra fazer “parte da galera” comecei a usar maconha. Não sinto mais sintomas de ansiedade durante o dia e lido melhor com os meus problemas. Quando deito a minha cabeça no travesseiro consigo batalhar com a insônia que me persegue a tantos anos. Fiquei mais introspectivo e me coloco no lugar de outras pessoas para entender o seu ponto de vista, hoje sou mais empático com as pessoas ao meu redor. Minha relação com a minha família melhorou, já que tudo o que tenho ao redor se tornou suficiente e em momentos de introspecção entendo os meus pais e irmão. E ainda por cima, faz parte da rotina com a esposa apenas sentar e conversar. Só tenho a agradecer.”

2 – “Eu já fui como vc! Depois que comecei fumar maconha encontrei a liberdade, não vivo olhando as vidas alheias”.

3 – “Eu também já fui como você. Cheio de sonhos. Eu queria ganhar o mundo, se livre. Foi quando eu comecei a fumar maconha, nem um pouco me importando em fazer parte da “galera”. Hoje sou livre, maconhista, filho, pai, flamenguista, super bem sucedido com a minha família e com a minha profissão”.

4 – “Eu já fui como você, engolia qualquer informação que me falavam, não pesquisava, não procurava estudar e me informar. Até conhecer a maconha. ❤️”.

5 – “Eu também já fui como você, cheio de sonhos e sem saber como realizá-los, e foi então que resolvi fumar maconha e tudo começou a fazer sentido e vi como realizar cada um dos meus sonhos.”.

6 – “Eu era assim, que nem você, cheio de sonhos, queria ser livre, beber muita cerveja, muita pinga, fumar todos os cigarros do mundo, comer hamburguer e batata frita todo dia, esquecer da minha vida para ficar vidrado em um celular… mas foi aí que, pra “se enturmar com a galera” eu resolvi fumar maconha. A culpa é da maconha.”.

7 – “Eu já fui como você! Cheio de preconceitos e paradigmas, foi quando por conta da desinformação da “proibição” eu decidi experimentar maconha… :)”.

8 – “Eu também já fui que nem você, hoje fumo, e sonho muito maaaaais✨”.

9 – “Já fui cego e achava que a justiça no Brasil funcionava, que as boas universidades eram pra todos, que não havia desigualdade no Brasil, que as igrejas só estavam lá para ajudar e que os políticos trabalhavam em prol do meu país. Foi quando eu comecei a fumar maconha, acordei para a vida e comecei a enxergar injustiças e o quão a sociedade estava presa a clichês e escrava dela mesmo. O mundo merece ser livre, merece ter pessoas pensando e seres evoluindo. Ninguém merece ser moldado. A vida é para todos!”.

10 – “Eu já fui como você, falava mal da cannabis mas não reconhecia um buddie… Hoje parei de ser ignorante e taco fogo neles !”

Analistas

11 – “Vídeo feito para brasileiros que são naturalmente preguiçosos e não querem realmente saber o que de fato é algo! Se prendem a frases prontas e jargões ultrapassados. Todos que tomam esse tipo de vídeo para si como verdade merecem a vida medíocre que levam”.

12 – “Propaganda descontextualizada e exagerada, assim como as antigas propagandas da guerra às drogas… Regressão”.

13 – “Marginalização, criminalização. Creio que o intuito é impactar os que absorvem tal informação. Informação superficial. Essa mesma população se faz parte de uma grande maioria (conservadora ou não). A luta em prol da Cannabis parece não ter significado no Brasil perante vídeos e comentários fúteis.”.

14 – “Retrocesso total, manipulação de pensamentos, nada muda em um país de segundo mundo onde o governo tem q comandar para n acabar sendo “comandado” pelo seu povo, sua nação que mata um leão por dia para poder fazer o Brasil girar, lamentável, porém, já esperado…”

15 – “A propaganda é ridícula. O ator, infeliz na escolha, fez papel de ridículo. O governo mostra ter um pensamento ridículo sobre política de drogas. É ridículo eles acharem que as pessoas começam a fumar só pra se enturmar com a galera. Mas o mais ridículo de tudo é querer dizer que maconha ‘prende’ um jovem de ter família e futuro. Se fosse assim, Fernando Henrique Cardoso nunca teria casado e nunca teria sido presidente desta nação, por exemplo.”.

16 – “Realmente é surpreendente! Queria muito saber quantos jovens tiveram seus sonhos destruídos por serem usuário de maconha em comparação a quantos tiveram seus sonhos destruídos por causa da criminalização da maconha, que alicia tantos jovens pro tráfico de drogas. Ou se é sobre cuidado com a nossa saúde, com o que ingerimos, quantos tiveram seus sonhos destruídos por doenças causadas pela alimentação com tantos agrotóxicos e ultraprocessados? Porque os holofotes das campanhas governamentais não abordam essas questões que realmente poderiam ter impacto na qualidade de vida dos jovens brasileiros além de gerar renda para o país e diminuir drasticamente a violência? Além do mais, quantos jovens tiveram a oportunidade de seguir seus sonhos graças às propriedades medicinais da maconha? Por amor Brasil, chega desse conservadorismo que só nos trouxe uma guerra interna! Essa campanha nem informa ao menos iforma! Tenta causar medo como se a gente não visse todo dia nas nossas redes sociais pessoas bem sucedidas e influentes fumando um e médicos renomados falando sobre os seus benefícios.”

17 – “Entalado no Ó de otários. Campanha idiota, baseada nas velhas táticas de terrorismo que não alcançaram nenhum resultado positivo. Precisamos de uma campanha que respeite o uso adulto e informe as pessoas dos possíveis riscos e benefícios, uma campanha que estabeleça um diálogo sério e verdadeiro com os adolescentes e uma estrutura de saúde pública que possa lidar de forma racional com aqueles que por determinados motivos estabeleceram uma relação de uso problemático com qualquer substância.”

Falando em Ós…

18 – “Não se entale no “o” da ignorância”.

19 – “to entalado agora mesmo”.

20 – “Tomanucu”.

21 – “Só pode encher o cu de Corote…”.

22 – “A bunda dele tá dentro do O???? Wtf”.

23 – “A triste história do jovem que prendeu o cu na Maconha.”

24 – “Era pra fumar, não era pra enfiar no c”.

Sobrou para a equipe

25 – “Coitado desse ator MANO”.

26 – “Rasga o diploma do publicitário. Ou fuma nele…”.

27 – “Esse ator deve ser maconheiro pra carai 😂😂”.

28 – “Kkkkkk que campanha bosta, cara… Nossa”.

Em que ano estamos?

29 – “Está pior que os comerciais estadunidenses da década de 30, demostra a política retrograda do nosso governo, que além de investir em uma guerra inútil influência na mentalidade preconceituosa da nossa sociedade. Desanimador”.

30 – “Eu antes de ler a legenda pensava que fosse de alguns anos atrás, tenho é vergonha desse vídeo por estarmos em 2019 e ainda ter essa.”.

31 – “Esse governo vai nos tratar como os Estados unidos dos anos 80, só que eles são tão burros, que esquece que existe internet, pesquisas e a gente ver a realidade de outros países…”.

32 – “O mundo acabou e estamos no inferno, o capeta é o presidente e ninguem vive nessa porra. Daqui a pouco voltamos para o período das pedras novamente”.

33 – “O vídeo é absurdamente ultrapassado!!”.

Trocadalhos e piadinhas

34 – “O cara foi fumar maconha no meio de uma placa de concreto escrito maconha baita maconheiro“.

35 – “Fumo maconha pra fazer parte da galera e bebo alcool p fazer parte da familia”.

36 – “Eu comecei a fazer parte da galera só pra fumar maconha. Rsrsrs”.

37 – “Maconha? Gosto Mais Que lasanha! 😋 Ou Como 2 Lasanha… Qual era o Rolê mesmo? Lasanhas? 2 de 4 queijos Por favor!!! Vou Comer Pra Pitar Um… Pq Maconha é Bão Demais… Gosto Mais Que Lasanha! 😋”.

Emojis falam

38 – “😂😂😂😂😂😂😂😂”

39 – “Alienação 😧”.

40 – “Reefer Madness 😂”.

Kkkkkkkk

41 – “Mas gente kkkkkkkkkkkkkk não to aguentando kkkkkkkkk”.

42 – “ai eu ri dms kkkkkkkkkkkkk”.

43 – “Puta que pariu! Kkkkkkkk eu nunca fui mongo assim! Kkk pra caba mesmo kkkk os caras se superam kkkkkk!”.

Provas vivas

44 – “A maconha é meu remédio, com laudo e prescrição médica, a minha brisa é cura enquanto a “deles” é brisa bélica… quem são eles pra citar liberdade, se somos nós mostrando a verdade… é meu riso, é minha vida, o meu bem-estar… é por mim, é por todos, vou sempre lutar. Maconha livre e orientação no caminho, ninguém ganha essa guerra se gritar sozinho. JUNTOS!”

45 – “Fiz amigos, me formei, consegui um baita emprego, tudo isso fumando muita maconha!”.

46 – “Fumar sempre me ajudou a tomar decisões importantes em momentos de muita pressão. Me ajuda também a lidar com ansiedade, estresses do dia a dia e a relaxar. Sei que não sou o único, isso aí é balela !”.

Há quem apoie

47 – “Eu achei justo, afinal não deve ser incentivado nenhum tipo de uso de droga, (no sentido amplo da palavra, que altera o corpo) afinal, cada vez mais é frequente vermos o uso precoce da maconha, na adolescência de 12 anos pra cima, sabemos que seu uso com o cérebro ainda em formação é prejudicial. Existem os vídeos que falam de seus benefícios, ha de haver os que alertam sobre seu uso, afinal nada é 100% seguro ao corpo. Uso sem prescrição médica pode até desencadear outros problemas na mente, no corpo…enfim.”

48 – “A maconha destrói a alma, o espírito e a vida física”.

Para resumir…

49 – “A imbecilidade e a falta de interesse em informação andam juntos, o vídeo prova isso.”

50 – “Lamentável!“.

Leia também:

Cinco discursos equivocados de Osmar Terra que reforçam o proibicionismo

#PraCegoVer: Imagem de divulgação da nova campanha contra as drogas do Ministério da Cidadania mostra um rapaz em uma sala, sendo engolido pela letra “O” da palavra maconha, em que se lê: “Você nunca será livre se escolher usar DROGAS”. Divulgação | Ministério da Cidadania.

Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário