Cientistas apontam a idade legal ideal para poder fumar maconha

Foto Dave Coutinho 1 Cientistas apontam a idade legal ideal para poder fumar maconha

Uma idade que pode reprimir o mercado ilícito e, ao mesmo tempo, minimizar os impactos a longo prazo no cérebro. As informações são da Inverse e a tradução pela Smoke Buddies

Nos Estados Unidos, você deve ter 21 anos para poder comprar um cigarro, álcool ou maconha recreativa. Ao contrário dos cigarros e do álcool, a idade legal para a maconha é decidida pelos estados e não pelo governo federal. Por que os estados estabeleceram em 21 anos como a idade legal, entretanto, é um pouco nebuloso — alguns legisladores argumentam que é manter a erva fora das escolas, enquanto outros dizem que ela deve ser tratada da mesma forma que o álcool.

De acordo com um novo estudo, os estadunidenses podem ser um pouco superzelosos em restringir quando se trata de quem pode acessar a droga.

lazy placeholder Cientistas apontam a idade legal ideal para poder fumar maconha

A idade mínima legal para fumar maconha deve ser de cerca de 19 anos, de acordo com um estudo publicado quarta-feira na revista BMC Public Health. Nessa idade, os impactos negativos a longo prazo na saúde, escolaridade, saúde mental e saúde física são minimizados, sugere o estudo.

A idade legal para o uso da maconha no Canadá, onde esses pesquisadores estão localizados, varia de acordo com a província onde a pessoa vive.

Na maioria das províncias canadenses, a idade legal para comprar cannabis é 19 — exceto Alberta, onde é 18 anos. Quebec, no entanto, elevou essa idade para 21 anos em janeiro de 2020. A situação no Quebec é mais indicativa do cenário de cannabis nos Estados Unidos.

Este estudo sugere que é possível diminuir essa idade, mas não muito, explica Hai Nguyen, economista da saúde da Memorial University de Terra Nova, para a Inverse.

Fumar maconha antes dos 19 anos, diz ele, está associado a “resultados significativamente piores”. Mas talvez não precisemos esperar até os 21 anos para evitar completamente as consequências para a saúde mental e física.

“Vários resultados posteriores do início do uso de cannabis aos 19 anos não são diferentes do que começar aos 21 anos”, explica Nguyen.

Leia mais: Consumo de maconha caiu entre jovens canadenses após legalização

Como encontrar um equilíbrio

Definir o limite de idade significa encontrar um equilíbrio cuidadoso entre desencorajar as atividades do mercado clandestino e minimizar os riscos à saúde.

Do ponto de vista científico, elevar o limite de idade para 21 anos pode ajudar a proteger o cérebro. Por exemplo, um estudo de 2018 com 3.826 adolescentes descobriu que, quando os adolescentes aumentavam o uso de cannabis ao longo de um ano, suas habilidades de memória de trabalho diminuíam em paralelo.

Um estudo de 2019 sugere que a cannabis perturba o afinamento natural da massa cinzenta no cérebro adolescente, o que pode levar a problemas cognitivos. O CDC resume sucintamente, afirmando que a maconha pode ter “efeitos permanentes no cérebro em desenvolvimento quando o uso começa na adolescência”.

A maconha não é única causa de danos aos cérebros dos adolescentes (o álcool também pode prejudicar eles). Mas estabelecer uma idade legal para a maconha é especialmente complicado porque a maconha tem um mercado ilícito especialmente grande, diz Nguyen.

Pegue certas marcas de vape de THC como “Dank Vapes”, que eram diretamente comercializadas para adolescentes e, às vezes, preenchidas com um espessante chamado acetato de vitamina E. Pensa-se que isso tenha causado uma condição pulmonar grave e às vezes mortal.

Enquanto isso, o uso ilícito de maconha em estudantes do ensino médio permanece estável desde 1997, sugerindo que os adolescentes a estão usando de qualquer maneira. Uma idade legal muito alta leva os adolescentes diretamente às mãos do mercado clandestino, explica o estudo.

Leia: Um em cada três jovens residentes de Nova York fuma maconha

Encontrando a idade ideal

Este estudo sugere que podemos usar evidências para tentar encontrar um equilíbrio entre o risco de problemas cerebrais de longo prazo e levar os adolescentes a opções de compra inseguras.

Nguyen e seus colegas analisaram dados de pesquisas de cerca de 20.000 pessoas entre as idades de 21 e 65 anos, levando em consideração alguns indicadores de como foram suas vidas em domínios como saúde geral, saúde mental e desempenho educacional.

Eles descobriram que, se você considerar isoladamente cada resultado a longo prazo, como educação ou saúde mental, obterá diferentes idades legais ideais para a cannabis. Os entrevistados relataram melhor saúde se começaram a fumar maconha após os 18 anos. Mas relataram melhor saúde mental se começaram depois dos 19 anos — em comparação com os que começaram um ano antes.

Finalmente, as pessoas que começaram a fumar após os 21 anos de idade tendem a ter mais anos de educação do que aquelas que começaram mais cedo, uma tendência que os cientistas sugerem acontecer devido ao fumo mais cedo poder estar associado a taxas de abandono (mas não podem provar isso neste artigo).

Os cientistas estabeleceram 19 por que não havia diferenças significativas nos resultados de saúde entre aqueles que começaram a fumar maconha aos 19 e aqueles que começaram em 21. Suas diferenças de escolaridade eram significativas, mas quando comparadas com o restante das medidas, 19 ainda parecia ser o melhor compromisso.

É importante ressaltar que este estudo não pode provar a causalidade e não altera o fato de que a maconha ainda pode ter efeitos neurobiológicos no cérebro de um adolescente de 19 anos.

Os anos entre 18 e 21 ainda são cruciais para o desenvolvimento do cérebro — o cérebro não termina de se desenvolver até os 25 anos. Por esse motivo, a diferença entre 19 e 21 pode ser insignificante quando se trata de resultados da vida, mas pode não ser quando se trata de habilidades cognitivas. Este estudo não foi projetado para avaliar essas habilidades.

Dito isto, o trabalho fornece uma estrutura que os cientistas podem usar para avaliar se uma certa idade mínima legal está atingindo o que se destina a fazer — reduzir o risco a longo prazo.

Enquanto o mercado legal for cuidadosamente mantido regulado, diz Nguyen, as províncias canadenses que fixaram a idade de compra de maconha aos 19 anos podem estar em condições.

Leia também:

Coronavírus x fumo: tabaco, maconha e vape podem aumentar gravidade da Covid-19

#PraCegoVer: em destaque, fotografia em plano fechado que mostra partes das mãos e do rosto (do nariz para baixo) de uma pessoa que está fechando um baseado. Foto: Dave Coutinho.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!