O CBD demora quanto tempo para fazer efeito?

folhas frascos coloridos O CBD demora quanto tempo para fazer efeito?

O canabidiol (CBD) é um extrato da cannabis que pode ser uma ótima solução para o tratamento de diversas condições. Mas você sabe quanto tempo leva para fazer efeito?

Se você perguntar para uma pessoa que usa óleo de canabidiol (CBD) quais os benefícios da cannabis, com certeza ela vai citar a rapidez dos efeitos.

Melhoras que a curto prazo podem aparecer em questão de minutos e a longo prazo podem ser vistas no dia seguinte, em alguns dias ou em alguns meses, mas sempre de maneira rápida. Principalmente quando comparado aos tratamentos convencionais.

Leia também: É seguro consumir cannabis com antibióticos?

Os efeitos positivos dos canabinoides podem depender de uma série de fatores, como a concentração, a dose, a frequência e a forma em que o canabidiol é ingerido. Existem vários métodos de administração de CBD que vão desde comida, inalação e uso tópico.

No entanto, é preciso lembrar que cada organismo é único, então, assim como vitaminas, alimentos e remédios, a administração da cannabis vai ocorrer de forma diferente para cada um.

Sistema endocanabinoide

É importante ressaltar que o canabidiol age no organismo através do sistema endocanabinoide, presente em várias partes do organismo, como sistema nervoso e sistema imunológico.

Através de receptores, as células chamadas canabinoides — endocanabinoides — ajudam a restaurar a homeostase, ou seja, o equilíbrio das funções. A cannabis também possui canabinoides, que podem servir de reforço aos nossos.

Por isso ela serve de ajuda para várias condições.

Absorção sublingual

Este método é o mais conhecido e o segundo mais rápido. Ele consiste em colocar o número de gotas prescritas pelos médicos embaixo da língua e deixá-las ali entre 60 a 90 segundos.

Assim, ele é absorvido pela membrana mucosa da boca, aquela parte mais mole que fica sob a língua.

Você deve estar se perguntando o motivo de não engolir o produto. A resposta é simples, os sistemas digestivo e de metabolização do fígado podem acabar com muitos dos compostos ativos.

Ele demora até 30 minutos para fazer efeito.

O medicamento de CBD é feito com uma concentração certa, se o corpo não absorve, pode não resultar no efeito esperado.

Leia também: Quanto tempo dura um frasco de CBD?

Ingestão

Mas ao contrário do que se pensa, os produtos de canabidiol podem, sim, ser ingeridos.

Embora os efeitos apareçam de forma mais lenta, o óleo de CBD pode ser ingerido através de alimentos ou simplesmente engolido. Aqui, o processo de absorção do organismo vai ser mais demorado, de 30 minutos a uma hora, mais ou menos.

Embora possa ser ingerido com o estômago vazio, o mais recomendável é que a barriga esteja cheia, para que as enzimas não reduzam demais a potência do CBD durante a digestão. A lista de comestíveis que envolvem CBD pode ser interminável, pois o canabidiol vai na salada, como azeite, na manteiga, chocolate e até em balas de goma.

Há também a ingestão por cápsulas, como fazemos com vitaminas ou alguns medicamentos, onde passa direto pelo sistema digestivo até o fígado, quando é metabolizado.

Essa é uma boa solução para que a potência do CBD não seja muito comprometida.

Inalação

A maneira mais rápida de obter os efeitos do canabidiol é inalando. Seja através do fumo ou da vaporização, ele entra diretamente nas correntes sanguíneas, através dos pulmões.

Isso provoca uma resposta imediata no organismo, que pode gerar efeitos nos minutos seguintes ou até meia hora depois. A parte ruim é que o método inalado também pode causar irritação no sistema respiratório. Tudo vai depender do organismo de cada um.

Também é a forma mais aceita pelo corpo. Cerca de quatro vezes mais absorvido que os demais métodos.

A chamada biodisponibilidade permite alcançar os efeitos esperados do canabidiol com uma quantidade muito menor da substância. No entanto, este também é o método mais problemático. Por causa do tetrahidrocanabinol (THC), o componente da cannabis que gera efeitos em nosso estado de consciência, vaporizar ou fumar CBD no Brasil ainda é um tabu.

Tópico

Os cremes, loções e pomadas de CBD não são novidades. O que talvez você não saiba é que eles também podem ser úteis da mesma forma que os outros métodos para tratar alguma condição. Embora os efeitos demorem mais para acontecer, eles também são mais duradouros.

Outro lado bom é que você pode aplicá-lo diretamente onde está a dor ou o problema. Eles são absorvidos pelas células que ficam próximas da pele muito antes de serem absorvidas pela corrente sanguínea.

Como saber que o CBD está fazendo efeito?

Aqui é a parte mais fácil, embora os primeiros usos sejam sutis. Você pode se sentir mais relaxado, mais calmo e o fim das dores em questão de minutos, dependendo do método.  Se for para tratar convulsões, as crises podem ir diminuindo em questão de dias ou meses.

É importante lembrar também que a introdução da cannabis medicinal é feita de maneira gradual, devidamente orientada por um médico. Se por acaso você não sentir efeito nenhum, isso pode ser um sinal para aumentar a dosagem. Se ainda persistir, talvez o canabinoide precise ser mudado também, tudo vai depender da reação do corpo.

Contudo, lembre-se de consultar um médico antes de comprar ou utilizar alguma solução de CBD ou outro canabinoide. Isso vale para dosagens e o método de administração.

Leia também:

Por que o canabidiol é tão caro?

#PraTodosVerem: tirada de cima para baixo, foto mostra várias folhas grandes de maconha sobrepostas, no canto inferior esquerdo da imagem, sobre uma superfície marmorizada em cinza e branco e, sobre as mesmas, três frascos de tampa branca e dourada e corpos de cores diferentes, sendo transparente, verde e âmbar. Crédito: jcomp / Freepik.

cannalize  06 O CBD demora quanto tempo para fazer efeito?

Sobre Cannalize

A Cannalize é um portal segmentado com o foco em trazer educação ao público, tanto sobre a cannabis medicinal quanto o uso adulto. O objetivo é responder todas as dúvidas sobre o universo canábico, desmistificar mitos e informar de forma embasada em e ancorada em especialistas e pesquisas científicas.
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!