Cannabis pode não ser eficaz na redução do uso não médico de opioides, diz estudo

flor bud comprimidos Cannabis pode não ser eficaz na redução do uso não médico de opioides, diz estudo

Pesquisadores examinaram a direção e força da associação entre cannabis e uso das substâncias durante 90 dias consecutivos entre adultos usuários de opioides. As informações são do ScienceDaily

Ao contrário de algumas alegações, as pessoas nos EUA podem não estar substituindo os opioides por cannabis, de acordo com uma nova pesquisa da Escola Mailman de Saúde Pública da Universidade de Columbia. O estudo examinou a direção e a força da associação entre cannabis e uso de opioides durante 90 dias consecutivos entre adultos que usaram opioides não medicinais. Os resultados mostraram que o uso de opioide era pelo menos tão prevalente nos dias em que a cannabis era usada quanto nos dias em que não era, e que isso acontecia independentemente de os participantes sentirem dor ou não. O estudo, publicado na revista científica Addiction, está entre os primeiros a testar a substituição de opioides diretamente.

Leia mais: Mortes por opioides caem em estados americanos onde a maconha é legalizada

gravital Cannabis pode não ser eficaz na redução do uso não médico de opioides, diz estudo

O estudo, que comparou a probabilidade de uso não medicinal de opioides nos dias em que a cannabis foi usada com os dias em que a cannabis não foi usada, incluiu 13.271 dias de observação entre 211 participantes da grande área de Nova York. Os participantes eram predominantemente do sexo masculino, urbanos, desempregados, solteiros e tinham alta prevalência de abuso de substâncias e dor.

Leia mais: Para conter crise de overdoses, máquina de opioides é instalada em Vancouver (Canadá)

“Nossos resultados sugerem que a cannabis raramente serve como um substituto para opioides não medicinais entre os adultos que usam opioides, mesmo entre aqueles que relatam sentir dor moderada ou mais forte”, disse Deborah Hasin, professora de epidemiologia da Escola Mailman e professora do Departamento de Psiquiatria do Centro Médico Irving da Universidade de Columbia. “Em outras palavras, nosso estudo sugere que a cannabis não é uma forma eficaz de limitar o uso de opioides não medicinais”.

Em 2017, havia mais de 2 milhões de pessoas com transtorno por uso de opioides e mais de 70.000 mortes relacionadas a opioides nos EUA. O uso ilícito de opioides, incluindo o uso não médico de opioides prescritos, opioides sintéticos e heroína, é a principal causa de mortes por overdose entre adultos nos Estados Unidos. Compreender como a cannabis pode mudar o uso não medicinal de opioides é fundamental para informar as discussões sobre as intervenções à base de cannabis para lidar com a crise de opioides.

Acesse Pufflife.com.br

Leia também:

Cannabis pode aliviar sintomas de abstinência de opioides, diz estudo da Johns Hopkins

#PraCegoVer: em destaque, fotografia que mostra uma porção de comprimidos redondos brancos em frente a uma flor de cannabis seca, em uma superfície amarela que se mistura com o fundo. Imagem: THCameraphoto.

smokebuddies logo2 Cannabis pode não ser eficaz na redução do uso não médico de opioides, diz estudo

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!