Câmara dos Representantes dos EUA aprova a descriminalização da maconha

bandeira eua personalizada folha Câmara dos Representantes dos EUA aprova a descriminalização da maconha

Coletivo estadunidense NORML anunciou pelo Twitter a aprovação do Ato de Oportunidades, Reinvestimento e Expurgação da Maconha, ou Ato MORE, pela Câmara Legislativa dos Estados Unidos. Projeto ainda deve passar pelo Senado e sanção presidencial

Na tarde desta sexta (4), a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos votou por remover a maconha do Ato de Substâncias Controladas federal de uma vez por todas: o Ato MORE, que, segundo o coletivo NORML anunciou pelo Twitter, teve aprovação da Casa, descriminaliza a cannabis e abre o caminho para apagar os registros de condenações federais por crimes não violentos relacionados à maconha.

norml Câmara dos Representantes dos EUA aprova a descriminalização da maconha

gravital Câmara dos Representantes dos EUA aprova a descriminalização da maconha

De acordo com a CNN, o projeto foi aprovado em grande parte pelas linhas partidárias: 222 democratas, cinco republicanos e um independente votaram a favor, enquanto 158 republicanos e seis democratas votaram contra.

Na semana em que a Comissão de Drogas Narcóticas da ONU votou para remover a maconha e sua resina da categoria das drogas mais perigosas do mundo, abrindo caminho para oportunidades adicionais de pesquisa, a aprovação do projeto de lei que acaba com a proibição federal da maconha nos Estados Unidos também cria oportunidades na indústria emergente, permite aos veteranos de guerra obter prescrições de cannabis medicinal e estabelece fontes de financiamento para reinvestir em comunidades desproporcionalmente afetadas pela guerra contra as drogas.

Se o Ato MORE for aprovado pelo Senado e tiver a sanção presidencial, algo previsto para acontecer em 2021, a indústria da maconha no país deve abrir as portas para uma estrutura legal que, quando estabelecida, atrairá a atenção de bancos e grandes instituições, transformando o panorama da cannabis por completo no país.

Leia também:

Congresso dos EUA vota projeto de lei histórico para descriminalizar a cannabis

#PraCegoVer: fotografia (em destaque) que mostra uma bandeira dos EUA personalizada com desenhos da folha da maconha, nas cores verde, preto e branco, hasteada ao vento, e parte de um prédio ao fundo. Foto: Sean Dunbar | Flickr.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!