Búzios (RJ) vence mostra de práticas de saúde com projeto de cannabis medicinal

buzios secretaria Búzios (RJ) vence mostra de práticas de saúde com projeto de cannabis medicinal

O evento visa estimular e fortalecer iniciativas inovadoras dos municípios cariocas, e a Clínica de Cannabis Sativa Beija-Flor no balneário ganhou pelo ineditismo no país e aplicabilidade no SUS. Informações da Prefeitura

A Prefeitura de Armação dos Búzios (RJ) conquistou o primeiro lugar na 2ª Mostra Estadual de Práticas de Saúde realizada pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems RJ), o IdeiaSUS, que é o Banco de Práticas e Soluções em Saúde e Ambiente, e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com o projeto “Implantação da Clínica de Cannabis Sativa Beija-Flor”. O evento visa estimular e fortalecer iniciativas inovadoras dos municípios do estado e avaliou o trabalho de tratamento com canabidiol no balneário como melhor desempenho pelo ineditismo no país e aplicabilidade, ou seja, pode ser modelo para todo o país.

A média final de avaliação de Búzios foi de 98,2 e garantiu hospedagem e transporte aéreo para participação no 36º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, que será promovido pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), de 12 a 15 de julho, em Campo Grande (MS), além da Curadoria em Saúde do IdeiaSUS, ou seja, acompanhamento das práticas por um período de 12 meses.

Leia mais: Mais de 400 crianças com diversas condições são tratadas com cannabis em Búzios

O objetivo da mostra é propiciar o intercâmbio de práticas municipais implementadas no Sistema Único de Saúde (SUS), estimular, fortalecer e divulgar as ações de municípios que inovam nas soluções em busca da garantia do direito à saúde, dar visibilidade às práticas de saúde na abrangência da gestão local, segundo a realidade dos territórios, e promover um espaço para a troca de práticas e reflexões sobre a gestão e organização de serviços de saúde.

O programa em andamento

Desde de novembro de 2021 está aprovada em Búzios a lei que garante o uso e a distribuição de cannabis medicinal no município, uma ação pioneira. A lei foi criada e aprovada na Câmara Municipal após a realização da Conferência Municipal de Saúde, cujo tema central foi Saúde Mental e uma das mesas temáticas foi o uso da Cannabis sativa para o tratamento de crianças e adolescentes com o Transtorno do Espectro Autista e Epilepsia Refratária. O município atende 360 crianças autistas e, também, 82 crianças com epilepsia refratária que não respondiam aos tratamentos convencionais.

Dos 92 municípios do Rio de Janeiro, Búzios é o primeiro que realmente implantou uma política pública de saúde moderna e de qualidade que realmente garante a utilização deste tratamento de forma eficaz e científica.

Leia mais: Ribeirão Pires (SP) sanciona lei que autoriza distribuição de medicamentos de cannabis

A cidade conta com atendimento ambulatorial com uma equipe especializada formada por psiquiatras para crianças e adultos, um neuropediatra, fonoaudiólogos, assistentes sociais, terapeuta ocupacional, fisioterapeutas, psicopedagogos, oficineiro e educador físico.

Desde que o programa foi implantado, as crianças e adolescentes atendidos, que antes faziam uso de psicotrópicos, vêm apresentando uma forte evolução do quadro clínico e significativos avanços na qualidade de vida. O direcionamento ao programa ocorre de diversas formas. A maior parte dos usuários (55,6%) foi encaminhada pela equipe de saúde da unidade básica e o restante pela Secretaria Municipal de Educação. Uma ação conjunta possível pelo município ter hoje uma política pública de saúde mental com o uso de cannabis.

Hoje o programa em Búzios permite que os assistidos possam adquirir o medicamento através das associações como ABRARIO e APEPI. Mas em janeiro deste ano já foi iniciado o processo de compra para que o medicamento seja distribuído gratuitamente na rede municipal de saúde e facilitar ainda mais o progresso do tratamento dos munícipes que estão cadastrados no programa. Também faz parte do processo de avanço do programa a inclusão de pessoas portadoras de outras patologias, tais como Parkinson, Alzheimer e dores crônicas.

“É um programa de saúde pioneiro, e estamos abrindo caminho a passos largos. Em breve o remédio será distribuído na rede do município”, comemora o secretário de Saúde Leônidas Heringer.

Veja também:

Paciente de Tucuruí (PA) com epilepsia recebe canabidiol após ação judicial do MPF

Imagem de capa traz a foto do prédio da Secretaria Municipal de Saúde de Búzios. Crédito: Prefeitura.

smokebuddies logo2 Búzios (RJ) vence mostra de práticas de saúde com projeto de cannabis medicinal

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!