380.000 pessoas que não se consideram fumantes fumam cannabis regularmente, na Grã-Bretanha

baseado maos 380.000 pessoas que não se consideram fumantes fumam cannabis regularmente, na Grã Bretanha

Um estudo realizado na Grã-Bretanha descobriu que 5% das pessoas que se identificaram como não fumantes consumiram maconha no ano anterior. As informações são da Action on Smoking and Health

Um novo estudo publicado na revista Addiction encontrou níveis significativos de uso de cannabis entre pessoas que se classificam como não fumantes. A análise conduzida pela UCL (University College London) de uma pesquisa realizada com adultos na Grã-Bretanha descobriu que 5% das pessoas que se identificaram como não fumantes consumiram cannabis no ano anterior, com cerca de 380.000 indivíduos fumando cannabis com ou sem tabaco pelo menos uma vez por semana.

Hannah Walsh, do King’s College London, uma das autoras do estudo, disse que as descobertas levantaram preocupações sobre os não fumantes não saberem que fumar maconha traz riscos para a saúde semelhantes aos do tabaco:

lazy placeholder 380.000 pessoas que não se consideram fumantes fumam cannabis regularmente, na Grã Bretanha

“É extremamente preocupante que haja centenas de milhares de pessoas que não se consideram ‘fumantes’ mas, apesar disso, fumam todas as semanas. É possível que elas não percebam que estão colocando sua saúde em risco. É também uma preocupação a possibilidade de as pessoas estarem inadvertidamente estabelecendo o vício do tabaco como consequência do uso de cannabis”.

Leia mais: Canabidiol diminui vontade de fumar

Outros 830.000 fumantes de tabaco também fumam cannabis pelo menos uma vez por semana, o que significa que pode haver cerca de 1,2 milhão de fumantes de cannabis pelo menos semanais na Grã-Bretanha. Fumantes de maconha por um longo período têm um risco aumentado de muitas das mesmas doenças que os fumantes de tabaco. Além disso, aqueles que misturam cannabis com tabaco correm o risco de estabelecer uma dependência do tabaco que pode ser muito difícil de quebrar.

No Reino Unido, em comum com outras partes da Europa, o consumo fumado da cannabis é geralmente feito com tabaco. Em outras partes do mundo, particularmente nas Américas, embora a cannabis seja normalmente fumada, é muito menos comum fumar cannabis combinada com tabaco.

Leia mais: Estudo sugere que a maconha legal afeta a indústria do álcool e não a do tabaco

Hazel Cheeseman, diretora de política da Action on Smoking and Health, disse:

“O governo geralmente vê a cannabis e o tabaco como questões distintas, mas claramente seu uso está profundamente entrelaçado em nosso país. Há uma oportunidade para abordar isso na estratégia planejada do governo para o controle da dependência e do tabaco. Esta estratégia deve incluir medidas para combater a sobreposição do uso de cannabis e tabaco e os danos resultantes à saúde”.

O estudo descobriu que a cannabis era desproporcionalmente usada entre os jovens, com 70% das pessoas que usaram cannabis no último ano com menos de 39 anos. Também descobriu que aqueles que relataram o uso de cannabis e tabaco juntos eram mais propensos a relatar problemas de saúde mental do que aqueles que usaram qualquer um dos produtos sozinho.

Leia também:

A era dos cigarros eletrônicos: eles fazem menos mal para a saúde que o comum?

#PraCegoVer: em destaque, foto que mostra as mãos de uma pessoa que segura um papel de seda com maconha triturada, próximo a uma mesa de cor cinza, onde também se vê vestígios da erva e partes de folhas de cannabis, nos cantos inferior e superior direitos. Imagem: Elsa Olofsson | Unsplash.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!