Empresa australiana de biotecnologia lidera o caminho da cannabis medicinal

plantas cultivo Empresa australiana de biotecnologia lidera o caminho da cannabis medicinal

A pesquisa e o desenvolvimento da CannaPacific cobrem toda a cadeia de abastecimento usando um programa de melhoramento molecular para a produção de novas cepas de cannabis. As informações são da Health Europa

Uma empresa australiana de biotecnologia pouco conhecida, a CannaPacific, está construindo uma base sólida para se tornar uma grande força na indústria farmacêutica global de cannabis. A base da operação da CannaPacific é uma instalação de cultivo localizada perto da bela cidade de Byron Bay, na costa leste da Austrália. A instalação inclui uma estufa holandesa de 10.000 m2, área de cultivo ao ar livre e um campus avançado de pesquisa e desenvolvimento de plantas. “Nossa instalação de cultivo nas colinas de Byron Bay é verdadeiramente única e oferece aos nossos parceiros uma grande oportunidade de marketing para mostrar a pureza de seus produtos”, disse o CEO da CannaPacific, Joshua Dennis.

“CannaPacific é uma empresa farmacêutica ética que acredita que as evidências são importantes.”

site sb Empresa australiana de biotecnologia lidera o caminho da cannabis medicinal

 

 

 

Utilizando a equipe de pesquisa e desenvolvimento de ciência de plantas de classe mundial do Professor Chris Grof e Tim Bowser, a CannaPacific está construindo um programa de melhoramento genômico avançado. Grof e Bowser têm experiência significativa em melhoramento genético de plantas para melhorar a produtividade da cultura medicinal em escala industrial. A experiência de Bowser inclui liderar a equipe de opiáceos da GSK para fornecer um aumento de produtividade de 300% e redução de custos de 50%, sete famílias de patentes em novas cepas de plantas e três produtos inteiramente novos em um período de cinco anos.

A CannaPacific contratou parceiros acadêmicos internacionalmente reconhecidos para o desenvolvimento de medicamentos baseados em canabinoides registrados e iniciou um programa de desenvolvimento de drogas que irá gerar dados científicos significativos para obter medicamentos canabinoides totalmente registrados para o mercado global. Os testes pré-clínicos começaram e passarão para a Fase 1 em 2022.

A pesquisa e o desenvolvimento da CannaPacific cobrem toda a cadeia de abastecimento usando um programa de melhoramento molecular para a produção de novas variedades de cannabis com foco no desenvolvimento de canabinoides menores. Isso, por sua vez, apoiará o desenvolvimento de novos produtos em áreas de terapia de TEPT, ansiedade e dor no âmbito dos cuidados paliativos. A CannaPacific também tem colaborações de pesquisa com a Universidade de Newcastle e a Extractas Bioscience (anteriormente Tasmanian Alkaloids), uma líder global em pesquisa de extratos de plantas medicinais, permitindo que a equipe tenha acesso a um estoque substancial de material genético.

Leia mais: Austrália aprova número recorde de pacientes de maconha medicinal

Expandindo o estado atual de cuidados paliativos e pesquisa de TEPT, a equipe científica da CannaPacific e seus parceiros de pesquisa estão usando novos modelos de sinalização de dor e formulações de canabinoides para desenvolver medicamentos baseados em canabinoides seguros e eficazes para o tratamento dessas indicações. “As indicações de cuidados paliativos e TEPT escolhidas pela CannaPacific destacam uma grande necessidade não atendida — e a CannaPacific está construindo uma oferta terapêutica global para atender a essa necessidade”, comentou Dennis.

A empresa está operando uma cadeia de fornecimento de cannabis medicinal completa e atual em conformidade com as Boas Práticas de Fabricação (BPF), que é semelhante à da GW Pharmaceuticals no Reino Unido, a única empresa de cannabis medicinal que está verdadeiramente integrada verticalmente desde a ciência de plantas e cultivo até as prescrições do paciente.

“Poucas empresas de cannabis estão engajadas no verdadeiro desenvolvimento de produtos farmacêuticos e isso está criando um verdadeiro ponto de diferença para a CannaPacific. Somos uma das poucas empresas globais passando por rigorosos testes pré-clínicos e clínicos para obter produtos registrados. Há tantas evidências anedóticas de que este grupo único de moléculas pode tratar efetivamente várias indicações e, combinando a tecnologia avançada de melhoramento molecular com uma abordagem tradicional para o desenvolvimento de drogas, estamos construindo uma oferta terapêutica global com foco inicial nos indicadores-chave de cuidados paliativos e transtorno de estresse pós-traumático (TEPT)”, disse Dennis.

Parte do modelo de negócios da CannaPacific é vender produtos de marca branca fabricados por meio de sua cadeia de suprimentos BPF. “Atualmente, estamos vendendo para a Austrália, Nova Zelândia e África do Sul e trabalhando em projetos na Europa”, explicou Dennis. “Nossa abordagem única e ética foram bem apreciadas pela comunidade de investidores e nossos clientes valorizam o fato de cultivarmos e fabricarmos na Austrália. Temos a sorte de poder tirar proveito da abundância de recursos naturais e talentos relevantes da indústria que existem na Austrália”.

Leia mais: Empresa de software lança nova tecnologia “touchless” para colheita de cannabis

“Com os regulamentos de cannabis medicinal da Australásia ainda rígidos e sendo improvável que relaxem tão cedo, penetrar no mercado asiático será particularmente difícil, a menos que você tenha produtos registrados. O Esquema de Acesso Especial na Austrália e os esquemas de Paciente Nomeado / Uso Compassivo na União Europeia são meramente um paliativo enquanto os medicamentos canabinoides são pesquisados ​​exaustivamente e disponibilizados por meio de aprovações de agências.

As empresas de cannabis perceberam que precisam se tornar empresas farmacêuticas para sobreviver; e eles estão achando isso extremamente difícil, pois não têm as habilidades ou a equipe com experiência em desenvolvimento farmacêutico. As empresas que não têm um viés farmacêutico e um forte programa de P&D não serão sustentáveis ​​a longo prazo”.

A CannaPacific desenvolveu clínicas de educação médica utilizando uma forte plataforma de educação médica e uma grande rede de prescritores com os quais a empresa trabalha diretamente em toda a Austrália, ajudando os médicos a prescreverem para seus pacientes.

A Dra. Erica Cameron-Taylor, especialista em cuidados paliativos e chefe de desenvolvimento clínico da CannaPacific, disse que a empresa oferece suporte aos médicos que evitaram prescrever cannabis medicinal devido aos obstáculos administrativos e incertezas associadas a fazê-lo. “Esperamos reduzir o estigma por meio da educação dos médicos sobre a eficácia dos medicamentos com cannabis para os pacientes quando prescritos por seu próprio médico de família”, disse ela. “A cannabis medicinal deve ser prescrita pelo médico que conhece a saúde do paciente e pode detectar qualquer sinal de alerta, em vez de enviá-lo a uma clínica de cannabis independente ou aos pacientes que a compram na internet ou no mercado ilícito”.

O diretor médico da CannaPacific, Dr. Mike Fay, acredita fortemente nos valores da empresa. Ele explicou: “As evidências são importantes se quisermos fornecer atendimento sério e eficaz ao paciente. Isso só pode ser alcançado por meio de testes clínicos rigorosos que forneçam dados de qualidade sobre os medicamentos à base de canabinoides ideais para uso em áreas de terapia específicas”.

Enquanto isso, Dennis está ansioso para o futuro. “Atualmente a CannaPacific é uma das poucas empresas australianas que tem contratos de fornecimento de flores secas com nosso parceiro-chave Extractas Bioscience, um dos maiores produtores de opiáceos do mundo”, disse ele.

Presidente da CannaPacific, Peter Gunning foi anteriormente CFO da GenesisCare, líder global no tratamento do câncer, e é um líder empresarial experiente no setor de saúde. Ele afirma: “Seguindo nossa estratégia única, mantendo nossa abordagem ética e com a combinação certa de pessoas, parceiros e investidores, a CannaPacific será uma competidora séria em todo o mundo para tratamentos com canabinoides e o crescimento do mercado seguirá”.

Leia também:

A indústria da cannabis pode ser um agente de justiça social ou é apenas mais um grande negócio?

#PraCegoVer: em destaque, fotografia da cola (infrutescência) de uma planta de cannabis, com várias folhas grandes verde-claras, e várias outras plantas que preenchem o fundo, desfocado. Imagem: Crystalweed | Unsplash.

smokebuddies logo2 Empresa australiana de biotecnologia lidera o caminho da cannabis medicinal

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!