Bernie Sanders prediz maconha legal nos 50 estados dos EUA no primeiro dia como presidente

bernie sanders bandeira Bernie Sanders prediz maconha legal nos 50 estados dos EUA no primeiro dia como presidente

Dois dias antes do caucus de Iowa, o senador democrata Bernie Sanders prometeu legalizar imediatamente a maconha em todos os 50 estados dos EUA se for eleito para a Casa Branca. Com informações da Forbes e tradução pela Smoke Buddies

“Vamos acabar com a guerra destrutiva contra as drogas”, disse o candidato presidencial democrata Bernie Sanders em comício em Cedar Rapids. “No meu primeiro dia no cargo, por ordem executiva, legalizaremos a maconha em todos os estados deste país”.

Sanders enfatizou que seria importante para seu governo acabar com a proibição da cannabis de uma maneira que ajude as comunidades prejudicadas pela execução da guerra às drogas.

“Vamos avançar para eliminar os registros dos presos por porte de maconha”, disse ele. “E garantiremos que a indústria legalizada da maconha não seja controlada por um punhado de empresas, mas que essas pessoas — a comunidade afro-americana, a comunidade latina, a comunidade nativa americana —, aquelas que mais sofreram, obtenham ajuda para ganhar dinheiro através de uma indústria legalizada de maconha”.

Leia: Legisladores de Nova Jersey (EUA) aprovam referendo sobre uso adulto de maconha

Está longe de ficar claro que Sanders como presidente seria realmente capaz de realizar a legalização federal unilateral da maconha, sem falar em acabar com a proibição em todos os estados ou fazê-la apenas algumas horas depois de ele tomar posse.

O poder executivo tem autoridade sob a Lei de Substâncias Controladas (CSA) para reclassificar a cannabis sem mais ações do Congresso, mas os detalhes do processo envolvem etapas do procurador-geral e do secretário de saúde e serviços humanos — os designados de Sanders provavelmente não serão instalados em seu “primeiro dia”. A lei atual também significa que os tratados internacionais de drogas podem complicar as ações de um governo para retirar a maconha da CSA completamente. E, quando se trata de promulgar a legalização em todos os estados, não há muito que um presidente possa fazer para forçar a revogação das leis locais de criminalização.

No início da semana passada, o Washington Post informou que os principais assessores da campanha de Sanders incluíam a legalização federal da cannabis em uma lista de possíveis ordens executivas a ocorrer no início de 2021, caso ele ganhasse a presidência.

Em 2015, durante sua última campanha para a Casa Branca, Sanders entrou com a primeira legislação de desclassificação da maconha do Senado e se tornou o primeiro grande candidato presidencial a apoiar a legalização.

Leia mais – “Queime um por Bernie”: lojas de maconha nos EUA fazem doações para Bernie Sanders

Embora em 2020, Sanders tenha emitido um dos mais ousados ​​planos focados na cannabis no campo — anteriormente comprometendo-se a realizar a legalização federal em 100 dias —, ele não foi tão longe quanto alguns candidatos rivais têm ido quando se trata de acabar com a criminalização de outras drogas.

Enquanto o senador costuma notar que apoia amplamente o “fim da guerra às drogas”, ele disse que “ainda não está lá” quando pressionado a descriminalizar formalmente outras substâncias.

O ex-prefeito de South Bend, em Indiana, Pete Buttigieg, por outro lado, incluiu a descriminalização da posse de todas as drogas em seus planos de justiça racial e saúde mental. A deputada Tulsi Gabbard (D-HI), por sua vez, disse este mês que apoia a legalização e regulamentação das drogas atualmente ilícitas.

Os empresários Andrew Yang e Tom Steyer, também candidatos à presidência,  apoiam a descriminalização dos opioides como medida de redução de danos. Yang também diz que  legalizaria o uso terapêutico de cogumelos de psilocibina para veteranos militares.

Leia também:

Pete Buttigieg promete sobrevoar os EUA se for necessário para legalizar a maconha no país

#PraCegoVer: em destaque, fotografia em primeiro plano de Bernie Sanders, vestido com paletó preto, falando ao microfone e gesticulando e, ao fundo, desfocado, a bandeira dos EUA. Foto: Picture Alliance.

lazy placeholder Bernie Sanders prediz maconha legal nos 50 estados dos EUA no primeiro dia como presidente

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário