Austrália: tendência de compra na pandemia impulsiona demanda por cannabis medicinal

sugar leave folha Austrália: tendência de compra na pandemia impulsiona demanda por cannabis medicinal

Com um número crescente de médicos prescrevendo produtos canabinoides, a cannabis medicinal deve se tornar um negócio bilionário na Austrália. As informações foram traduzidas pela Smoke Buddies da ABC News

Uma empresa australiana de cannabis medicinal afirma que o aumento do movimento de compra local durante a Covid-19 aumentou a demanda por produtos canabinoides produzidos localmente.

A Little Green Pharma (LGP) está sediada em um local secreto no sudoeste da Austrália Ocidental (WA) e passou por um boom nas vendas desde o início da pandemia.

lazy placeholder Austrália: tendência de compra na pandemia impulsiona demanda por cannabis medicinal

O diretor de operações, Paul Long, disse que a tendência está sendo impulsionada por uma série de fatores sociais e econômicos decorrentes da crise de saúde e não necessariamente por um aumento no número de pacientes.

“Acho que a Covid colocou pressão nas cadeias de abastecimento, então as empresas que importam produtos de fora da Austrália, e particularmente do Canadá… viram alguns desafios, com algumas interrupções do produto”, disse ele.

“Também existe essa sensação de ‘vamos apoiar o cultivo local, vamos apoiar os negócios australianos’, então nos beneficiamos disso em todo a Covid e vimos um aumento nos últimos dois a três meses.”

“Desde que começamos em agosto de 2018, tivemos pouco mais de 6.500 pacientes, mas apenas nos últimos três meses vimos 1.300 novos pacientes”.

A demanda por produtos de cannabis havia crescido exponencialmente antes da crise de saúde, disse Long.

A LGP estava predominantemente focada no potencial do mercado doméstico, apesar das perspectivas de exportação aumentando na Europa, incluindo Reino Unido e Alemanha, disse ele.

“Relatórios de especialistas mostram que os produtos de cannabis medicinal atingem cerca de 1 a 2 por cento da população, então se você olhar para os números totais na Austrália, temos um longo caminho a percorrer nesse crescimento, o que é empolgante para a indústria como um todo”.

Leia mais: Prescrições médicas para cannabis crescem na Austrália, mas acesso preocupa

‘Atrasados no uso, mas se atualizando’

Matty Moore prescreve cannabis medicinal há cerca de 12 meses.

Embora legalmente proibido de discutir os benefícios dos produtos de cannabis medicinal com seus pacientes, ele disse que prescreveu mais do que nunca.

Ele disse que as condições que tratou com o medicamento incluem dor crônica, transtorno de estresse pós-traumático, ansiedade, dor oncológica e insônia, com pacientes com 60 anos ou mais.

“É uma parte crescente do que estou fazendo. A cada semana, vejo mais e mais novos pacientes e, em algum momento, isso será uma parte significativa do meu negócio”.

O Dr. Moore disse que a profissão médica está se tornando mais aberta para prescrever cannabis medicinal como opção de tratamento.

“É difícil romper o preconceito antigo do século passado, quando a cannabis era menosprezada e rigidamente controlada”, disse ele.

“Estamos atrasados ​​em seu uso, mas estamos nos atualizando… é estritamente regulamentado e isso significa que compilamos evidências e dados.”

“Somos todos médicos baseados em evidências, portanto, à medida que obtemos mais e mais evidências, as pessoas ficarão mais confortáveis ​​ao prescrevê-la para seus pacientes.”

Governo apoia expansão da indústria

Com um número crescente de médicos prescrevendo produtos canabinoides para o alívio da dor, a cannabis medicinal deve se tornar um negócio de bilhões de dólares na Austrália.

O governo da WA quer garantir que o estado receba uma fatia do bolo, recentemente concedendo um subsídio de US$ 300.000 à LGP para facilitar a expansão de suas operações de manufatura.

A LGP agora tem capacidade para produzir até 110.000 frascos de remédios prontos para o mercado australiano a cada ano.

A Ministra da Agricultura, Alannah MacTiernan, está por trás do esforço para aumentar a produção de cannabis medicinal na WA. Ela acredita que o setor é uma grande oportunidade para o estado.

“Vemos um grande potencial para a produção de CBD em produtos farmacêuticos e nutracêuticos”, disse ela.

“[Queremos] ter certeza de que nós aqui na WA sejamos produtores líderes, não apenas em toda a Austrália, mas que nos tornemos grandes participantes internacionalmente.”

“A indústria não ajudará apenas milhões de pessoas ao redor do mundo… mas também gerará uma nova e brilhante indústria cheia de empregos interessantes aqui no sudoeste”.

Leia também:

Uruguai busca investidores para aumentar exportações de maconha medicinal

#PraCegoVer: em destaque, fotografia em close-up que mostra uma sugar leave e seus tricomas em detalhes, e um fundo marrom avermelhado. Imagem: THCameraphoto.

lazy placeholder Austrália: tendência de compra na pandemia impulsiona demanda por cannabis medicinal

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!