Aurora Cannabis coloca estufa de 158 mil metros quadrados à venda no Canadá

estufa gigante aurora Aurora Cannabis coloca estufa de 158 mil metros quadrados à venda no Canadá

Empresa investiu 260 milhões de dólares canadenses, apostando todas as suas fichas, no gigantesco complexo originalmente destinado ao cultivo de maconha. As informações são do MJBizDaily

A Aurora Cannabis está tentando desvencilhar-se de uma das maiores e mais caras estufas já construídas para cultivar maconha, mas qualquer comprador em potencial pode estar sujeito a despesas adicionais para levar o projeto até a linha de chegada.

A empresa não estabeleceu um preço, mas sim ofertas interessantes.

site sb Aurora Cannabis coloca estufa de 158 mil metros quadrados à venda no Canadá

Aurora investiu 260 milhões de dólares canadenses (US$ 205 milhões), apostando todas as suas fichas, no gigantesco complexo de 158.000 m2 em Medicine Hat, Alberta (Canadá), de acordo com material promocional publicamente disponível, que lista a Colliers International de Toronto como consultora financeira e agente de listagem da propriedade parcialmente concluída.

No entanto, milhões de dólares em gastos adicionais poderiam ser necessários se um comprador concluísse a estufa para o propósito original — “como uma estufa de última geração de grau médico” — e potencialmente menos se for concluída para um uso que não seja a produção de cannabis.

 Aurora Cannabis coloca estufa de 158 mil metros quadrados à venda no Canadá

A listagem é o exemplo mais recente da ampla retirada das estufas de cannabis em grande escala no ano passado pelas maiores produtoras canadenses, que gastaram muito em espaço de cultivo de 2017 a 2019.

Muitos desses projetos de estufa, sejam construídos ou adquiridos por meio de fusões e aquisições, acabaram levando a perdas imobiliárias diretas totalizando milhões de dólares para produtores canadenses licenciados e reduções de estoque no valor de bilhões de dólares, informou o Marijuana Business Daily.

O endereço em um folheto promocional da estufa de Alberta corresponde ao endereço usado para a estrutura do Aurora Sun.

A Aurora, que efetivamente retirou o plugue da estufa Aurora Sun no ano passado, está levando a propriedade ao mercado sem uma cotação de venda “para descobrir o preço”, soube o MJBizDaily. Tal movimento ajuda a determinar o preço de um ativo em um mercado volátil.

Aurora parece estar procurando uma venda rápida.

A “meta de fechamento” está listada do final do segundo trimestre ao início do terceiro trimestre deste ano, de acordo com o folheto.

Leia: Canopy Growth fecha instalações e abandona o cultivo de maconha ao ar livre

Aurora revisando operações

A mudança ocorre quase um ano depois que a Aurora aceitou uma oferta para sua grande estufa em Exeter, Ontário, por aproximadamente metade de seu preço de listagem de CA$ 17 milhões e um terço do preço de compra original.

Em uma declaração enviada por e-mail para o MJBizDaily, um porta-voz observou que a Aurora “analisa continuamente e cuidadosamente a rede de operações da empresa para garantir que ela seja adequada para nossos negócios hoje e no curto prazo”.

“Em resposta às recentes mudanças na indústria e aos nossos imperativos estratégicos, a empresa anunciou que interromperá as operações em Aurora Sun, em Medicine Hat, Alberta, indefinidamente”, continua o comunicado.

“Estamos promovendo ativamente a instalação para uso alternativo. Não há mais detalhes disponíveis no momento, pois este processo está em seu estágio inicial.”

Listado para venda está um edifício principal de 130.000 m2, além de um edifício de apoio medindo 26.000 m2.

As estruturas ocupam 72 acres (29 hectares aproximadamente).

Leia mais – Próximo grande problema da maconha: os gases de efeito estufa

Múltiplas opções de compra

De acordo com o folheto, o fornecedor — neste caso, a Aurora — “está aberto a uma ampla gama de estruturas de transação em potencial e formas de consideração a fim de maximizar o valor”.

“Isso inclui, mas não se limita a, a venda direta de um ou de ambos os edifícios por dinheiro ou outras formas de contraprestação, a venda de uma participação parcial a um sócio, ou um arrendamento do complexo.”

A estufa em Medicine Hat permanece inacabada, apesar da quantidade significativa de capital já investido no projeto.

“Haverá algum gasto de capital adicional necessário para concluir a instalação, mas esse valor será ditado pelo uso pretendido do comprador”, disse Matt Rachiele, diretor administrativo da Colliers, ao MJBizDaily por e-mail.

“Recebemos uma orientação muito preliminar de um engenheiro de que poderia custar bem menos de 10% das despesas até o momento para concluir a instalação geral para certos usos não relacionados à cannabis, mas seria mais do que completar para o propósito originalmente pretendido.”

Seis dos 37 compartimentos do edifício principal foram concluídos e outros seis estão parcialmente concluídos, disse Rachiele.

“Embora originalmente planejado para ser concluído como uma estufa de nível médico de última geração, o prédio e o equipamento associado podem ser prontamente utilizados para uma gama muito mais ampla de usos potenciais”, de acordo com o documento promocional.

Leia também:

HempWood: madeira de cânhamo é opção sustentável com inúmeros benefícios

#PraCegoVer: fotografia aérea do complexo, onde se vê os dois prédios de construção baixa, sendo o menor em formato “L” e o outro retangular, cercados por terras que vão até a linha do horizonte, abaixo de uma faixa de céu azul. Imagem: divulgação.

smokebuddies logo2 Aurora Cannabis coloca estufa de 158 mil metros quadrados à venda no Canadá

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!