Novo aplicativo é uma espécie de “TikTok” para quem ama plantas

plantlife Novo aplicativo é uma espécie de “TikTok” para quem ama plantas

PlantLife é a primeira plataforma de mídia social para plantas (e amantes de plantas), que surgiu a partir da ideia de ser um remédio para a toxicidade das redes sociais. Por Mark Wilson, para a Fast Company, com tradução pela Smoke Buddies

A primeira coisa que pensei quando encontrei o PlantLife — um novo aplicativo de mídia social voltado para plantas lançado na semana passada para iOS — foi um riff da clássica citação de Zoolander.

“O que é isso? Um centro para plantas?!?”

site sb Novo aplicativo é uma espécie de “TikTok” para quem ama plantas

E, de fato, é exatamente isso! PlantLife é uma plataforma de mídia social “onde pessoas e plantas prosperam”. É construído com vídeos full-bleed familiares e uma IU (interface do usuário) emprestada em grande parte do TikTok. Mas, em vez de duetos e danças, deve ser preenchido com conteúdo vegetal para os amantes de plantas.

i 3 90681171 plantlife is tiktok for your plants made by apple and nike alums Novo aplicativo é uma espécie de “TikTok” para quem ama plantas

Screenshot: cortesia PlantLife.

Este não é o seu aplicativo amador comum, como a meia dúzia de aplicativos de plantas e jardinagem que experimentei ao longo dos anos. A empresa foi fundada por um trio de especialistas: CEO Leslie Mullins, que fez carreira em marketing e design na Nike e na Apple; o diretor de produtos Taylor Vignali, que ocupou funções de diretor de criação e UX nessas mesmas empresas; e a diretora de plantas Lana Pappas, uma paisagista e designer arquitetônica de San Francisco.

Seus fundadores são voltados para a missão, tendo surgido com a ideia de uma rede social centrada em plantas como um remédio para a toxicidade da mídia social. No entanto, acontece que as notas de dólar também são verdes. Dado que 70% dos millennials afirmam ser “mães e pais de plantas”, eles imaginam que a PlantLife poderia gerar US$ 189 milhões em receita após cinco anos de crescimento, tirando uma mordida do mercado de plantas domésticas de US$ 1,7 bilhão, enquanto se expande para jardinagem, bem-estar, alimentação baseada em plantas, e todos os outros tópicos relacionados com o verde que você possa imaginar.

Leia também: Instagram bloqueia perfis canábicos e restringe conteúdo sobre o assunto

“Vemos essa expansão sem fim, porque tudo o que temos em nossas vidas está conectado às plantas de alguma forma!”, disse Mullins. “Mas as plantas domésticas são o começo da jornada”.

PlantLife foi projetado para celebrar sua conexão com suas plantas amadas desde o início. Prova disso é que, ao configurar uma conta, você começa tirando uma foto não apenas de você, mas também de seus bebês-plantaApós cada fotografia, você deve compartilhar o nome da planta, espécie, idade e uma descrição. Parado do lado de fora dos canteiros elevados do meu jardim, eu já estava tentando encontrar o ângulo certo da minha planta de pimenta-banana para a rede social.

i 2 90681171 plantlife is tiktok for your plants made by apple and nike alums Novo aplicativo é uma espécie de “TikTok” para quem ama plantas

Screenshots: cortesia PlantLife.

O aplicativo não possui identificação automática com foto, como Plant.id, mas espera incorporar essa tecnologia no futuro. Por enquanto, você pode pesquisar manualmente sua planta no banco de dados limitado. Quando você encontra uma correspondência, sua planta é acompanhada de uma rica folha de instruções de cuidados. A possibilidade de ter todas essas instruções de cuidados em um só lugar no meu telefone é provavelmente o suficiente para prender minha atenção. Acrescente a isso que as pessoas podem realmente trocar plantas com outras em suas comunidades, trazendo essas tradições de longa data de compartilhamento e propagação de sementes para a era digital, e estou vendido.

Porque, é claro, a vitória é suposta na postagem ao lado de outras pessoas. É fácil imaginar eu enviando fotos glamorosas das minhas plantas para o meu feed. Também é fácil imaginar eu postando fotos de minhas plantas que deram errado. Pode ser difícil para os cultivadores de plantas entenderem o que está acontecendo quando as folhas começam a murchar e morrer repentinamente em uma planta. É uma tragédia que, no final das contas, leva você às profundezas dos sites de extensão dos programas agrícolas da faculdade, olhando para JPEGs carregados em 2005 para decifrar exatamente qual fungo matou seus pepinos. Apenas postar no PlantLife e saber que está rodeado por outros amantes de plantas significa que você terá mais chances de obter ajuda nos comentários durante esses momentos.

Leia mais: Varejistas de cannabis recorrem à tecnologia diante de novos desafios do mercado

No entanto, Mullins compartilhou uma estratégia de cultivo muito mais rica, a maior parte da qual depende de influenciadores. A empresa tem cultivado relacionamentos com “plantfluencers” no Instagram e TikTok (alguns dos quais estarão disponíveis no lançamento), que podem criar lojas de comércio eletrônico próprias ou até mesmo liderar clubes sobre tópicos específicos (um desses clubes, atualmente em construção, é sobre forrageamento de cogumelos). A ideia é que cada usuário encontre seu nicho de planta, seja ele qual for. Enquanto isso, a equipe também quer trazer mais pequenas empresas para a plataforma, para abrir lojas prontas para uso, porque a maior parte da indústria de plantas é dominada por grandes lojas de equipamentos. Acontece que os especialistas em cultivo de plantas não tendem a ser especialistas em plataformas digitais, o que é um grande motivo pelo qual é tão difícil comprar plantas on-line fora de algumas megacorporações.

i 1 90681171 plantlife is tiktok for your plants made by apple and nike alums Novo aplicativo é uma espécie de “TikTok” para quem ama plantas

Screenshots: cortesia PlantLife.

“Existem muitas dessas pequenas growshops por aí que não têm comércio eletrônico”, diz Mullins. “Portanto, queremos ter certeza de que também estamos usando [a PlantLife] como um componente para reduzir a exclusão digital dentro desta indústria”.

Eu, pessoalmente, não tenho dúvidas de que há uma grande e amplamente positiva oportunidade de negócios na PlantLife, supondo que a empresa possa atrair usuários para um aplicativo altamente específico (o que não é de forma alguma algo fácil de proporcionar — a cada estação chega um novo queridinho das redes sociais que desaparece após um comunicado à imprensa). Sobre o que eu sou mais cético é se a PlantLife está aproveitando muitas normas de mídia social existentes para ser um remédio para o mundo digital moderno. Ficar em pé em seu jardim diminuirá consideravelmente seus níveis de cortisol, tornando-o aparentemente mais saudável em minutos. Ao mesmo tempo, a PlantLife está apostando na economia do influenciador e nos feeds sociais — a própria cultura de comparação que a mídia social alimenta por natureza — que a ciência provou que pode gerar depressão e ansiedade.

“Eu diria que queremos atrair a todos de uma forma muito honesta e transparente”, diz Mullins. “A cultura que estamos tentando criar é indicativa de plantar pessoas… promovendo uma positividade que esperamos que se espalhe por esta comunidade.”

É por isso que a PlantLife é uma startup tão interessante de se seguir. É um teste de estresse da própria premissa da mídia social, provendo-a com alguns dos conteúdos on-line mais puros e genuínos e podando-a para crescer e se tornar um ecossistema florescente.

Saiba mais:

Novos modelos de negócios propõem inovar o mercado canábico

#PraTodosVerem: imagem traz uma fotomontagem, onde três celulares com o PlantLife aberto na tela aparecem entrelaçados por folhas de costelas-de-adão, à frente de um fundo vermelho-carmesim com desenhos de plantas diversas em branco. Arte: Fast Company.

smokebuddies logo2 Novo aplicativo é uma espécie de “TikTok” para quem ama plantas

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!