No Alabama (EUA), sugestão é que dispensários de cannabis se pareçam com farmácias

loja amsterda No Alabama (EUA), sugestão é que dispensários de cannabis se pareçam com farmácias

O presidente do subcomitê de dispensários da Comissão de Cannabis Medicinal do Alabama está sugerindo que os dispensários se assemelhem a farmácias

O presidente do subcomitê de dispensários da Comissão de Cannabis Medicinal do Alabama (EUA) está advertindo que os dispensários “devem ter características que lembrem a uma farmácia”, de acordo com a WSFA. Dr. Sam Blakemore, doutor em Farmácia com vasta experiência na área, sugere que os donos de dispensários devem ser certificados.

Teremos de ser capazes de treinar dispensadores certificados para conseguirem obter os produtos de cannabis medicinal corretos que foram recomendados por um médico. Preencha esse pedido corretamente, certifique-se de que foi verificado de forma adequada no registro do paciente e, em seguida, certifique-se de que os médicos foram verificados”, disse Blakemore à WSFA.

gravital sb No Alabama (EUA), sugestão é que dispensários de cannabis se pareçam com farmácias

 

 

 

 

Blakemore alertou que os dispensadores em potencial não devem entrar no negócio apenas para ganhar dinheiro às cegas, mas sim ter “uma paixão por ajudar as pessoas”.

Cada dispensador certificado pode ter três locais de dispensação, mas Blakemore disse que mais podem ser abertos se houver demanda. As inscrições para se tornar um dispensador certificado ainda não estão disponíveis.

Leia também: Cerveja de THC agora está disponível para pacientes de cannabis no Missouri

O sistema de maconha medicinal do Alabama foi estabelecido em maio deste ano, quando a governadora republicana Kay Ivey sancionou uma lei que regula o uso terapêutico da cannabis para mais de uma dúzia de condições e sintomas como dor crônica, depressão, convulsões, espasticidade muscular e doenças terminais.

Os médicos poderão recomendar medicamentos à base de cannabis para pacientes que receberão cartões de maconha medicinal para comprar comprimidos, cápsulas, cubos de gelatina e outras formas de produtos à base da planta.

Matérias-primas vegetais, produtos que podem ser fumados ou vaporizados ou produtos alimentícios como biscoitos ou balas não serão permitidos.

Leia mais:

Amazon incentiva parceiros de entrega a não fazerem testes para maconha

#PraTodosVerem: fotografia mostra, em perspectiva, um balcão de vidro com vários monitores brancos e um armário de madeira embutido com prateleiras exibindo vários produtos de cannabis, em uma loja de maconha em Amsterdã. Foto: Jan Zwarthoed | Unsplash.

smokebuddies logo2 No Alabama (EUA), sugestão é que dispensários de cannabis se pareçam com farmácias

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!