Ações de cannabis canadenses disparam com “short squeeze” e esforço de legalização nos EUA

bud apical planta grashupfer Ações de cannabis canadenses disparam com “short squeeze” e esforço de legalização nos EUA

Três das quatro maiores empresas no espaço viram o preço de suas ações subir entre 30 e 40 por cento no início da semana. As informações são da CBC News

As ações das empresas canadenses de cannabis estão subindo nesta semana, em parte por causa de uma enxurrada de vendedores a descoberto (short sellers) cobrindo suas apostas contra as ações, no momento em que os legisladores dos EUA parecem estar ficando mais sérios sobre a legalização potencial da droga.

Três das quatro maiores empresas no espaço — Tilray, Aurora Cannabis e Aphria — viram o preço de suas ações subir entre 30 e 40 por cento no início da semana. Um quarto grande player, a Canopy Growth, cresceu apenas cerca de 10%.

site sb Ações de cannabis canadenses disparam com “short squeeze” e esforço de legalização nos EUA

De acordo com Chris Damas, presidente da consultoria de cannabis BCMI Research, o principal catalisador para a corrida é o chamado “short squeeze”, pelo qual investidores de Wall Street que vinham apostando contra o setor tiveram que comprar as ações em massa para cobrir suas apostas à medida que o “momentum” muda a favor das ações.

Esse aperto foi o principal fator na saga da GameStop da semana passada, em que os investidores de varejo pegaram os vendedores a descoberto em um dilema que empurrou o preço da empresa de videogame para cima quase 2.000% antes de cair novamente.

 Ações de cannabis canadenses disparam com “short squeeze” e esforço de legalização nos EUA

Leia também: As dez ações de maconha de crescimento mais rápido em 2021

“Os vendedores a descoberto de fundos de hedge foram avisados ​​pelo movimento Reddit: qualquer ação altamente vendida poderia estar sujeita a um aperto coordenado”, disse Damas. “Bem, ontem (2), os shorts em cannabis canadenses estavam definitivamente assustados e correram para as saídas para cobrir suas posições e obter lucros enormes”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Antes da corrida desta semana, quase um terço das ações da Tilray estavam vendidas a descoberto, ou com apostas contrárias. Na Aurora, eram mais de uma em seis, e na Canopy quase uma em sete.

Isso se deve principalmente ao fato de que, depois de disparar para recordes históricos na corrida para o Canadá legalizar a cannabis para uso adulto em 2018, as empresas de cannabis como um todo viram o preço de suas ações afundar, pois as vendas até agora não corresponderam às expectativas elevadas. Apostar contra empresas de cannabis supervalorizadas tem sido um comércio lucrativo por vários anos, mas Damas disse que muitos em Wall Street estão saindo enquanto a compra é boa, porque os problemas subjacentes às empresas de cannabis permanecem.

“O mercado não está se preocupando com os fundamentos agora”, disse Damas. “É tudo uma questão de cobertura de shorts”.

Leia: Com os democratas no controle, investidores ficam altos de maconha nos EUA

Razões válidas para otimismo

Talvez haja também algumas razões válidas para o otimismo. Legisladores norte-americanos influentes, liderados pelos senadores democratas Cory Booker, Ron Wyden e Chuck Schumer, disseram na terça-feira que planejam apresentar uma legislação para reformar a forma como a cannabis é tratada pela lei dos EUA.

“Acabar com a proibição federal da maconha é necessário para corrigir os erros desta guerra fracassada e acabar com décadas de danos infligidos às comunidades de cor em todo o país”, disseram os senadores em um comunicado.

Enquanto mais de uma dúzia de estados legalizaram totalmente a droga e mais de duas dúzias a descriminalizaram, a cannabis ainda é um item proibido no nível federal, o que freou os investimentos no setor e atrapalhou as vendas das empresas.

Caryma Sa’d, uma advogada baseada em Toronto que trabalha no setor da cannabis, disse em uma entrevista na quarta-feira que o longo braço da lei estadunidense há muito exerce uma grande influência sobre as empresas no Canadá, mesmo aquelas que são totalmente legítimas sob a lei canadense.

Leia: Jazz Pharma compra GW Pharma por US$ 7,2 bi, adicionando cannabis medicinal ao portfólio

Nos últimos meses, especificamente, ela notou uma tendência crescente de empresas canadenses de cannabis tendo suas contas de mídia social fechadas por se referirem a seus negócios relacionados à cannabis.

“Essas são empresas perfeitamente legais que têm contas no Facebook e Instagram sendo fechadas ou colocadas na ‘prisão do Facebook’ por que se referem a seus negócios”, disse Sa’d.

A legalização nos EUA, ou qualquer coisa semelhante, pode muito bem ser uma bênção para os produtores canadenses de cannabis, mas com base em sua experiência com o lançamento no Canadá, Sa’d disse que não considera como certo que eles se tornariam dominantes no mercado estadunidense.

“Olhando como eles se saíram no atendimento ao mercado canadense”, disse ela. “Não sou um apostador com ações, e não sei se colocaria muito dinheiro nisso”.

Leia também:

Tendências da indústria da cannabis que podem impulsionar o investimento nos próximos meses

#PraCegoVer: em destaque, fotografia do bud apical de uma planta de cannabis, repleto de pistilos cor creme, com a luz incidindo da esquerda, em fundo marrom-claro. Foto: kēvïïïn grashüpfer | Unsplash.

smokebuddies logo2 Ações de cannabis canadenses disparam com “short squeeze” e esforço de legalização nos EUA

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!