Senador lança Fake New sobre PL que descriminaliza cultivo de maconha

magno malta fake news Senador lança Fake New sobre PL que descriminaliza cultivo de maconha

Em tempos que cada vez mais campanhas e ações surgem para combater as Fake News, temos o senador Magno Malta (PR) propagando informações falsas sobre o PL que descriminaliza o cultivo de maconha para fins terapêuticos. Em vídeo publicado nas redes sociais, Malta alega que a CCJ recusou o PLS 514/2017, o que é uma MENTIRA.

Ainda tem gente capaz de tudo para aparecer, até mesmo propagar mentiras ou as tão faladas Fake News, capazes de prejudicar toda a sociedade. E é justamente o que o senador Magno Malta (PR) continua fazendo.

Em vídeo publicado às 13h09 desta quarta-feira, 5 de dezembro, Magno Malta volta a mentir para seus eleitores e seguidores. No vídeo que já atinge mais de 20 mil visualizações no Facebook, Malta MENTE ao dizer que “o Projeto de Lei do Senado (PLS) 514/2017 foi apreciado hoje na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e desta vez foi derrotado”. Durante a gravação, o senador ainda disse que “nesta guerra em defesa dos nossos valores, ninguém vai nos parar!”. É senador, seus valores precisam ser revistos!

PLS do Cultivo segue bem!

Em 5 de dezembro, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal realizou a 38ª Reunião Ordinária e não debateu sobre o Projeto de Lei do Senado 514/2017, como pode ser analisado em pauta disponível pelo Senado, clicando aqui. E diferente do que Malta informa mentirosamente no vídeo, o PLS que visa a descriminalização do cultivo de maconha para fins terapêuticos não foi derrotado. Com relatoria da Senadora Marta Suplicy, o PLS 514 foi aprovado na Comissão de Assuntos Sociais – CAS e aguarda ser distribuído à CCJ.

Outro ponto que vale ser observado é que o senador nem se quer compareceu à 38ª Reunião. Isso é uma vergonha!

lazy placeholder Senador lança Fake New sobre PL que descriminaliza cultivo de maconha

#PraCegoVer: recorte da página do Senado Federal, onde consta a lista de presença dos senadores do Bloco Moderador (PTB, PRB, PR, PTC), estando todos marcados como presentes, com exceção do nome de Magno Malta que não está marcado como “presente”.

Assista ao senador mentindo em vídeo:

Basta de Fake News

Em setembro deste ano, o jornal Século Diário, do Espírito Santo, publicou uma reportagem estarrecedora e bem fundamentada sobre um pai acusado em 2010 pelo senador Magno Malta (PR) de ter estuprado a própria filha de dois anos de idade.

Na época, Malta presidia a CPI da Pedofilia do Senado, criada por ele com o apoio dos seus pares. Foi quando se tornou famoso.

O pai acusado, o cobrador de ônibus Luiz Alves de Lima, passou nove meses preso e agora foi inocentado. Perdeu um olho, foi torturado pela polícia e está desempregado. A perícia concluiu que sua filha é virgem.

O bacharel em Teologia, cantor gospel, pastor evangélico e ainda senador Magno Malta, de 61 anos, que às vezes também curte exercer a função de juiz executor de pena de morte, ganhou fama, mídia e tentou legitimar a CPI da Pedofilia, rebatizada de CPI dos Maus-Tratos, da qual ainda é presidente, a custo de inocentes.

E, mesmo depois de ter destruído uma família por conta de uma mentira, parece que mentir é o pecado de estimação do Pastor/Senador Magno Malta.

Estamos de olho senador!

#PraCegoVer: imagem de capa mostra um frame do vídeo em que aparece o senador Magno Malta falando e sobre o frame a palavra FAKE NEWS em vermelho, ao centro e na diagonal, e folhas verdes de maconha nas partes direita e esquerda da imagem.

lazy placeholder Senador lança Fake New sobre PL que descriminaliza cultivo de maconha

Sobre Dave Coutinho

Carioca, Maconheiro, Ativista na Luta pela Legalização da Maconha e outras causas. CEO "faz-tudo" e Co-fundador da Smoke Buddies, um projeto que começou em 2011 e para o qual, desde então, tenho me dedicado exclusivamente.