Rio de Janeiro recebe Seminário Internacional sobre Cannabis Medicinal

Museu do Amanha recebe seminario internacional sobre cannabis medicinal  Rio de Janeiro recebe Seminário Internacional sobre Cannabis Medicinal

Nos dias 18 e 19 de maio, a Apepi realiza um evento, em parceria com a Fiocruz, sobre o uso medicinal da maconha, no Museu do Amanhã, na zona portuária do Rio. Durante o evento será apresentado e assinado um manifesto destinado às autoridades competentes, demonstrando a urgência da regulamentação do cultivo e produção nacional da cannabis para fins terapêuticos.

O crescimento da procura pelo uso medicinal da cannabis no tratamento de doenças como epilepsia, autismo, Parkinson, Alzheimer, esclerose, dor crônica, câncer, entre outras, e o surgimento em 2015 da possibilidade de utilização legal de medicamentos à base de cannabis, exige cada vez mais a atualização dos médicos e outros profissionais da saúde.

Assim, unidas no objetivo de oferecer um evento atual, reunindo as abordagens científica, política e social do tema, a Apepi – Associação de Apoio à Pesquisa e Pacientes de Cannabis Medicinal e a Fiocruz realizarão nos dias 18 e 19 de maio, o Seminário Internacional Cannabis Medicinal – Um Olhar para o Futuro, para discutir o acesso ao uso medicinal da Cannabis e sua inserção na saúde pública. O evento acontecerá na cidade do Rio de Janeiro, no Museu do Amanhã, um espaço de visibilidade internacional.

Serão dois dias de programação gratuita e diversificada, com a participação de convidados de organizações nacionais e internacionais que fazem uso clínico e conduzem programas de pesquisas pioneiras com a Cannabis em câncer, autismo e outras doenças neurológicas. Os temas serão distribuídos em blocos, com tradução simultânea, e sempre seguidos de debates com participação da audiência.

 Rio de Janeiro recebe Seminário Internacional sobre Cannabis Medicinal

 Rio de Janeiro recebe Seminário Internacional sobre Cannabis Medicinal

O evento contará com as principais associações de pacientes, que terão painéis e serão representadas pelas principais lideranças. Durante o evento será apresentado e assinado um manifesto destinado às autoridades competentes, demonstrando a urgência da regulamentação do cultivo e produção nacional da cannabis para fins terapêuticos, a partir de empresas públicas e privadas, associações e o do autocultivo.

Para mais informações e inscrições, acesse http://apepi.org/cannabisamanha/contato.

#PraCegoVer: Fotografia aérea do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.