Produtores de maconha legal nos EUA tentam driblar obstáculos de regulamentação federal

 Produtores de maconha legal nos EUA tentam driblar obstáculos de regulamentação federal

Produtores de maconha enfrentam obstáculos para operar, entre eles estão questões fiscais, acesso a financiamento, transações bancárias e a descentralização da produção que prejudicam a iniciativa, mas o preço já começa a baixar. As informações são do Estadão.

Legalizados nos Estados Unidos a nível estadual – em 29 Estados e em Washington DC –, produtores de maconha enfrentam obstáculos para operar que provêm da proibição da droga a nível federal. Entre eles estão questões fiscais, acesso a financiamento, transações bancárias e a descentralização da produção para locais onde a droga ainda é proibida, mas a mão de obra é mais barata, segundo a revista britânica The Economist.

Em virtude de regras de impostos federais adotadas ainda nos anos 80 que tinham como objetivo coibir o narcotráfico, produtores de maconha legalizada perdem cerca de 70% da receita em impostos para o governo.

Além disso, como a maconha ainda é classificada pelo governo federal como uma droga ilegal, as empresas também não podem transportar insumos para sua produção para além dos Estados no qual a droga é legalizada.

O acesso a bancos também é restrito, o que faz com que grandes quantidades de dinheiro sejam transportadas em carros-fortes entre as sedes.

Outro problema envolve a estruturação dessas empresas. Normalmente, setores como análise de desempenho e recursos humanos seriam transferidos para outros Estados, mas no caso da produção de maconha isso também não acontece.

Leia também: Legalização da maconha registra apoio recorde nos EUA

O financiamento dessas firmas, que por regulamentação federal não pode ser incentivado nos Estados Unidos, faz o caminho inverso, no entanto. Os recursos são buscados em investidores canadenses, que dão o capital inicial para muitas produtoras.

O resultado disso é o aumento da competição, e com ele, a queda do preço e a quebra dos cartéis ilegais. A libra de maconha custava há dois anos no Colorado US$ 2 mil. Hoje o preço é de US$ 1,3mil.

 Produtores de maconha legal nos EUA tentam driblar obstáculos de regulamentação federal

Sobre Smoke Buddies

O Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. http://www.smokebuddies.com.br