Novos incêndios na Califórnia ameaçam a produção de maconha no sul do estado

Novos incendios na California ameacam a producao de maconha no sul do estado Novos incêndios na Califórnia ameaçam a produção de maconha no sul do estado

A menos de um mês para entrar em vigor a legalização da maconha recreativa e em tempos de abastecer os estoques, a Califórnia novamente é acometida por incêndios que devastaram regiões no sul do estado e que podem comprometer a produção das fazendas de cannabis vizinhas.

A Califórnia sofreu um dos piores incêndios de sua história no mês de outubro, quando 200 mil hectares foram devastados no norte do estado, causando, além da tristeza pelas dezenas de mortes, um prejuízo material estimado em centenas de milhões de dólares para as fazendas produtoras de maconha.

 Novos incêndios na Califórnia ameaçam a produção de maconha no sul do estado

Neste momento, o estado norte-americano está enfrentando uma nova onda de incêndios que começou na noite de domingo (3/12) e já devastou cerca de 100 mil hectares entre os condados de Santa Bárbara, Ventura, Los Angeles e San Diego. Segundo os dados divulgados pelo Departamento de Proteção Contra Incêndio da Califórnia, atualmente apenas 20% da área incendiada teve seu fogo contido.

Os produtores de maconha novamente se veem em uma situação difícil com os incêndios que se alastraram pelo sul do estado, pois apesar de as chamas não estarem atingindo as suas plantações, a fumaça gerada pelos incêndios tem origem também na queima de materiais urbanos, o que a torna potencialmente tóxica, podendo comprometer as fazendas de cannabis das áreas vizinhas como os condados de San Luis Obispo e Los Angeles, segundo o diretor-executivo da California Growers Association, Hezekiah Allen, em entrevista à Reuters.

Para a indústria canábica californiana, é o pior momento para surgirem problemas com perdas e atrasos na produção. A maconha medicinal já é legal no estado desde os anos 90, e agora os investidores e empresários do ramo estão se preparando para a nova demanda pela erva que teve seu uso recreativo legalizado a partir de janeiro de 2018.

Leia também:

Vendas de maconha na Califórnia devem chegar a US$ 2,68 Bi este ano

 Novos incêndios na Califórnia ameaçam a produção de maconha no sul do estado