No Colorado, terra da maconha legalizada nos EUA, já é possível encontrar THC na água

usar maconha por anos nao faz tao mal para saude segundo pesquisa No Colorado, terra da maconha legalizada nos EUA, já é possível encontrar THC na água

Segundo as autoridades locais, a água da cidade de Hugo (que não permite negócios da maconha) teve uma “pequena exposição” ao THC. Até mesmo o FBI foi deslocado para a região para continuar os testes no líquido. Sabia mais sobre o fato curioso, com as informações do Brasil Post.

Primeiro estado a legalizar o uso recreativo da maconha, o Colorado agora tem motivos para se preocupar.

É possível encontrar as pot shops (lojas legais para a venda de maconha) por boa parte do estado, mas foi justamente em Hugo – onde os negócios desse tipo não são permitidos – que foi encontrado tetra-canabidiol (THC) nos reservatórios de água. O THC é o responsável psicoativo da droga.

A coisa ficou tão séria que, segundo matéria da CNN, até mesmo o FBI se deslocou para Hugo para continuar os testes, que segundo análises iniciais, demonstravam uma “exposição pequena” ao THC.

Ainda assim, os moradores foram avisados de que era melhor considerar outras fontes para obter água para beber ou cozinhar.

O consumo de água com THC – claro, dependendo da quantidade encontrada e o quanto for consumido – pode, na pior das hipóteses, afetar a capacidade de dirigir, aumentar a ansiedade e, em alguns casos, causar alucinações e paranoia.

Segundo dados oficiais do Colorado, as lojas licenciadas e regulamentadas do estado registraram vendas de US$ 996 milhões somente em 2015. Está bom ou quer mais?

Deste total, US$ 135 milhões foram diretamente para os cofres do poder público, sendo que US$ 35 milhões deste total serão obrigatoriamente endereçados para investimentos na rede pública de educação.

De acordo com o High Times, o conselho da cidade de Aurora, também no Colorado, decidiu destinar US$ 220 mil do total arrecadado com a legalização da maconha para a Colfax Community Network, organização sem fins lucrativos que conecta pessoas que vivem em motéis e moradias provisórias a serviços comunitários.

Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário