Maior ETF canadense de maconha admite primeira empresa dos EUA

charlotte web mudas Maior ETF canadense de maconha admite primeira empresa dos EUA

Fundo costumava evitar empresas de maconha com sede nos EUA, devido à proibição federal, contudo o cenário mudou com a legalização do cânhamo no país vizinho. As informações são da Bloomberg, via UOL.

O maior fundo negociado em bolsa do Canadá que se dedica à maconha está adicionando sua primeira empresa de cannabis com sede nos EUA.

A Charlotte’s Web Holdings, com sede em Boulder, no Colorado, entrou no ETF Horizons Marijuana Life Sciences Index como parte de seu rebalanceamento trimestral, informou a Horizons ETFs Management Canada na segunda-feira. O ETF possui mais de 1,7 bilhão de dólares canadenses em ativos e um retorno acumulado no ano de 64 por cento, o que o torna o ETF acionário de melhor desempenho no Canadá neste ano.

O HMMJ, como o ETF é comumente conhecido, costumava evitar as empresas de cannabis com sede nos EUA porque a droga continua sendo ilegal de acordo com a lei federal desse país. No entanto, em dezembro, a lei agrícola dos EUA legalizou o cânhamo com menos de 0,3 por cento de THC, o principal ingrediente ativo da cannabis. A Charlotte’s Web vende produtos de bem-estar que contêm CBD derivado de cânhamo, o primo do THC que não é inebriante.

“Consideramos que trazer o maior mercado do mundo para nosso ETF é algo muito importante, é o próximo estágio de crescimento deste setor”, disse Steve Hawkins, CEO da Horizons ETFs, em referência à adição de uma empresa de maconha com sede nos EUA.

Espera-se que o mercado legalizado de CBD nos EUA chegue a US$ 22 bilhões nos próximos dois anos, de acordo com a Brightfield Group, aproximadamente o mesmo tamanho que toda a indústria de cannabis do Canadá.

As empresas 48North Cannabis, AgraFlora Organics International, Cannara Biotech, Flowr, Heritage Cannabis Holdings, ICC International Cannabis, PharmaCiela, Westleaf e Zenabis Global também foram adicionadas ao HMMJ.

Leia também:

SXSW 2019: Mudança em legislação deve atrair grandes investidores para a Cannabis

#PraCegoVer: fotografia (de capa) de dezenas de vasinhos pretos contendo mudas de maconha e identificados com etiquetas brancas com a escrita “Charlotte’s Web” em preto, que vão do primeiro plano até o fundo desfocado.