Maconha pode ter uma vasta gama de efeitos anticancerígenos, diz estudo

mao cultivo flor Maconha pode ter uma vasta gama de efeitos anticancerígenos, diz estudo

Um novo estudo do Centro Médico da Universidade de Rostock, na Alemanha, mostra que a maconha pode ser eficiente no fortalecimento do sistema imunológico e no combate às células cancerígenas.

De acordo com cientistas, um determinado canabinoide, um dos compostos encontrados na maconha, chamado de fitocanabinoide pode impedir as células cancerígenas de se multiplicarem e se espalharem, reduzindo a capacidade do câncer de sobreviver à quimioterapia.

O estudo, que é resultado de uma revisão de pesquisas anteriores, foi publicado no British Journal of Pharmacology e divulgado pelo EurekAlert. Os dados sugerem que os canabinoides provocam efeitos anticancerígenos em vários níveis de progressão do câncer.

Os fitocanabinoides, que são os tipos mais notáveis de canabinoides encontrados na planta, podem estimular o cérebro, o sistema imunológico e o sistema hormonal e impedir que os tumores cancerígenos se dividam e atinjam o tecido normal, além de bloquear o fornecimento de sangue aos tumores.

Bukhard Hinz, professor do Centro Médico da Universidade de Rostock e um dos autores da pesquisa, disse ao EurekAlert que mais pesquisas precisam ser feitas para confirmar os resultados. “Estudos clínicos são urgentemente necessários para investigar o impacto dos canabinoides no crescimento e progressão do câncer em pacientes”. Dados de pesquisas anteriores já sugeriam que os canabinoides podem controlar o modo como o câncer desenvolve resistência à quimioterapia.

Leia também: Brasileiros descobrem nova forma de proteger os rins com compostos corporais iguais aos da maconha

#PraCegoVer: fotografia (de capa) mostra a mão de uma pessoa indo na direção da flor de uma planta de maconha que está sendo cultivada.

lazy placeholder Maconha pode ter uma vasta gama de efeitos anticancerígenos, diz estudo

Sobre Dave Coutinho

Carioca, Maconheiro, Ativista na Luta pela Legalização da Maconha e outras causas. CEO "faz-tudo" e Co-fundador da Smoke Buddies, um projeto que começou em 2011 e para o qual, desde então, tenho me dedicado exclusivamente.