Literatura Sativa: Para A Mulher Antiproibicionista

21013543 1842820472700367 280622383 n Literatura Sativa: Para A Mulher Antiproibicionista

 

Ela tem a mente liberta
Lutando por conscientização
Ela mantém a conversa aberta
Lutando pela legalização

Ela parece ser de outro planeta
Seu pensamento é muito evoluído
Ela não é sua namorada careta
Seu espírito não pode ser contido

Longos cabelos ao vento
Ela trampa sempre com afã
Esse processo árduo faz parte

 

Eu lhe conheço há pouco tempo
Suficiente para me tornar seu fã
Mulher, parabéns por toda essa Arte

Ilustração de capa: Tâmara Nunes

lazy placeholder Literatura Sativa: Para A Mulher Antiproibicionista

Sobre Douglas Fortunato

Estudante de Filosofia no Rio de Janeiro, na UERJ, 23 anos e recém chegado na militância da causa canábica.
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário