Literatura Sativa: Maconha É Uma Delícia

marcha faixa delicia Literatura Sativa: Maconha É Uma Delícia

Queremos liberdade para ser

Sem esconder a nossa vontade

Ver a paz nascer e florescer

Quintal pleno de felicidade

 

Como proibir a Natureza?

Como criminalizar a vida?

Como tentar matar tal beleza

Dessa nossa planta tão querida?

 

Cultivador não é traficante

Usuário não é criminoso

Olhos vermelhos não são flagrante

Ser correto não te faz bondoso

 

Tantas formas de solucionar

Debater as questões com respeito

Diga-me, por que não legalizar?

Veja… É o melhor a ser feito!

 

Mais dinheiro para nosso país

Menos poder na mão da milícia

O fim dessa guerra tão infeliz

Ei, maconha é uma delícia!

 

Leia também ~ Literatura Sativa: Da Boca À Mente

#PraCegoVer: fotografia (de capa) em vista superior que mostra dois manifestantes segurando uma faixa branca com o texto “Hey polícia [o desenho de uma folha de maconha] é 1 delícia” em verde, à frente de uma multidão que segue por um parque, durante a Marcha da Maconha de Porto Alegre, em 2017. Créditos da foto: Guilherme Santos – Sul21.

lazy placeholder Literatura Sativa: Maconha É Uma Delícia

Sobre Douglas Fortunato

Estudante de Filosofia no Rio de Janeiro, na UERJ, 23 anos e recém chegado na militância da causa canábica.