Literatura Sativa: Começou Assim

normalize vozes da marcha da maconha sao paulo Literatura Sativa: Começou Assim

 

Começou como uma brincadeira

Uma espécie de passatempo

Hoje é minha luta verdadeira

O que norteia qualquer argumento

 

Começou na época do ensino médio

Eu só queria ficar sorridente e chapado

Hoje é uma causa pelo fim de privilégio

Para que pensemos diferente do colocado

 

Eu nem sempre fui um militante

Eu comecei como qualquer usuário

Até que me choquei com a realidade

 

Assim me tornei um cannábico estudante

Lutando para que mudemos nosso cenário

Para nosso consumo entrar na legalidade

 

Fotografia de capa: Lucas Tavares – Marcha da Maconha SP 2017.

 Literatura Sativa: Começou Assim

Sobre Douglas Fortunato

Estudante de Filosofia no Rio de Janeiro, na UERJ, 23 anos e recém chegado na militância da causa canábica.