Cannabis Influencers: a importância dos influenciadores na cultura canábica

cannabis influencers a importancia dos influenciadores da maconha Cannabis Influencers: a importância dos influenciadores na cultura canábica

Esse tipo de profissionais, sobretudo em segmentos como o de bens de consumo, ganha cada vez mais espaço na divulgação de informações, atos, eventos, produtos e serviços. Saiba mais sobre a importância dos weed influencers e confira alguns perfis para acompanhar nas redes.

Mesmo com o cultivo, produção e venda de maconha para consumo recreativo/social no Brasil ainda ilegais, o cenário canábico nacional já movimenta a economia, gerando profissionais e empregos, contudo ainda é carente de publicidade. Um crescente segmento pode mudar isso: os weed influencers, a versão canábica do Digital Influencer.

Hoje, a maior necessidade das agências de mídias, produtoras e empresas de produtos e serviços nos segmentos ligados à cultura da cannabis no país e no mundo é a divulgação e publicidade dos seus feitos.

A necessidade de produzir, cada vez mais, conteúdos adequados à novas plataformas de comunicação, vem conquistando espaço, -impulsionando o surgimento de vloggers, youtubers e influenciadores digitais (digital influencers), que são gente como a gente. Ou seja, pessoas que não são celebridades, mas que promovem ações, campanhas, produtos e serviços diretos ao público consumidor de um segmento.

No modelo de sociedade sempre conectada, há uma necessidade crescente de influenciadores. Um artigo da AdAge observou que os consumidores de hoje são mais propensos a serem influenciados por mensagens em suas redes de mídia social do que pela publicidade tradicional, em jornais, revistas e tv.

Na onda da máxima “quem não é visto, não é lembrado”, os influencers podem ser a solução para isso. Influenciadores são pessoas, grupos e marcas que estão ativos nas mídias sociais, têm muitos seguidores e trabalham para influenciar as pessoas e criar consciência de marca. Os influenciadores são o componente chave para envolver, atrair, informar e motivar os seguidores a comprar algo novo, experimentar algo ou adotar uma certa mentalidade que veem seus influenciadores promover.

“Gente como a Gente”

São consumidores como nós, não são celebridades contratadas por empresas (pelo menos não através dos meios tradicionais). Um estudo realizado pela Forbes mostra que 92% dos usuários confiava mais em campanhas realizadas por influenciadores digitais do que pelos tradicionais artistas.

Mesmo o Facebook afrouxando suas regras relacionadas às pesquisas ligadas à cannabis, pode ser difícil executar campanhas publicitárias na plataforma. Facebook, Instagram e Google barram campanhas ligadas à erva, mesmo para consumidores em estados norte-americanos onde a maconha é legal. Além disso, cada modelo regulatório pode trazer uma ampla variedade de restrições, como o do Uruguai que restringe todo tipo de promoção da erva.

Normalizando a cannabis

Neste ambiente, os influenciadores canábicos podem ser a transformação, tanto aqui no Brasil, quanto lá fora. Por serem envolvidos na causa, como consumidores de cannabis e ativistas, e entenderem dos desafios, os weed influencers estão se tornando um dos meios mais utilizados na propagação de atos, ações, campanhas e eventos, além de apresentar produtos e serviços legais relacionado à cultura da maconha.

A autenticidade, domínio do assunto, senso de humor, originalidade e a quantidade de seguidores nas redes sociais justificam o título de cannabis ou weed influencers a muitos perfis. Perfis de pessoas que ajudam a normalizar e a derrubar décadas de difamação e estigma sobre a cultura da maconha, superando obstáculos desconhecidos em setores mais tradicionais.

Para evitar qualquer tipo de injustiça com algum influencer, peço desculpas caso tenha esquecido alguém e sugiro deixar nos comentários os que não foram citados. Confira treze perfis que influenciam na cena canábico.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

The maintenance of marijuana on the two major UN lethal drug lists, with the stamp of WHO and the signatories to the UN treaty, sponsor the drug war and the hunt for black people from the peripheries of the entire third world. Marijuana is not a lethal drug, so the WHO and the UN, lie! We have to demand the withdrawal of marijuana from these lists. Without this, all activism is nothing more than a theater where we the Third World, we witness the action and the appropriation of marijuana by the first world countries, while we fight battles where always those who die, are the same. The black people of the third world. Please, if you fight for the marijuana’s legalization, viralize this idea..spread and share with your allies. Our victory will not be in vain. USE # #marijuanaisnotlethaldrug #omslies #onulies Spread! A manutenção da maconha nas duas principais listas de drogas letais da ONU, chancelada pela OMS e os países que assinam ao tratado das Nações Unidas, patrocinam a guerra às drogas e a caçada ao povo negro das periferias de todo o terceiro mundo. A maconha não é uma droga letal, portanto a OMS e a ONU, mentem! Temos que exigir a retirada da maconha dessas listas. Sem isso todo ativismo não passa de teatro onde nós do terceiro mundo, assistimos a atuação e a apropriação da maconha por parte dos países de primeiro mundo, enquanto travamos batalhas onde sempre quem morre, são os mesmos. O povo negro do terceiro mundo. Por favor, se você luta pela legalização da maconha, viralise essa ideia..espalhe e compartilhe com seus aliados. Nossa vitória não será em vão. USE AS # #marijuanaisnotlethaldrug #omslies #onulies Espalhe! #budart #aetbud #arthemp #hempart #weedculture #weedart #illustrationart #weedillustration #hempculture #420art #420culture #instaweed #zanonart #zanonartbuda

Uma publicação compartilhada por Zanon (@zanonart) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Que bom seria se todos que são de esquerda realmente vivessem sob os valores desse movimento. . Que bom seria se todos os anti-petistas não praticassem corrupção na sua própria esfera. . Que bom seria se todos que pregam amor conseguissem dissolver os julgamentos que carregam do lado de dentro. . Que bom seria se fossemos menos discurso bonitinho, e mais teoria colocada em prática. . Que bom seria se o discurso politico de cada um não fosse apenas uma tentativa de reforçar a sua autoimagem idealizada. . Que bom seria se toda energia que estão gastando para apontar o dedo pro outro candidato, fosse usada para uma observação HONESTA de: “onde EU preciso melhor para contribuir para a mudança que quero ver acontecendo?” . Que bom seria se ao invés de gastar tempo apontando as incoerências do candidato alheio, nos perguntássemos se estamos pensando, falando e, principalmente, AGINDO com coerência. . Porque é fácil fazer campanha para mostrar seu amor, sua ética, seu conhecimento técnico, sua força. Difícil é perceber onde é que ajudamos a criar aquilo que tentamos evitar. . Pra mim os discursos de eleição se tornaram ótimos “reforçadores de máscaras”. Cada um quer se mostrar cheio de valores, de conhecimento e de razão. . Não tem mais a ver com os candidatos, mas com o ego inflado de cada um de nós. . Defender amor com ódio? Fazer resistência à corrupção sendo corrupto? Condenar o julgamento julgando por outras razões? . Enquanto não compreendermos que é de dentro pra fora, vamos contribuir para criar mais daquilo que condenamos. #acendasualuz . @carolrache #repost . Reposto aqui este brilhante texto que retrata bem o momento em que vivemos. . E à respeito do que penso, fiz um texto num post da semana passada. Para quem quiser conferir. . O amor, a paz e a união são a chave !!! . “O amor é a única flor que cresce e floresce sem a ajuda das estações. “ Khalil Gibran. . Vamos Juntos !!! 👊💚🙌 . . #capivaraweed #legalizabrasil #legalizeja

Uma publicação compartilhada por Capivara Weed (@capivaraweed) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

🤘💚🤘 @marchadamaconhasp 🤘💚🤘 ⚡️Dia 26/05 rolou a Marcha da Maconha de São Paulo, a número 10 da cidade e a minha primeira… que experiência doida. Muito obrigado pelo carinho e amor que recebi lá. Já tô com saudades SP 🖤. ⚡️Cadê a galera doida que esbarrou comigo? ⚡️Você conhece alguém das fotos? Mandem aquela mensagem em chamas🔥 ou um sinal de fumaça💨 pra participar do projeto . Já explanaram o projeto ? Marquem aquela pessoa que sempre tá na brisa com você 🤘🤣🤘 #normalize #baseadonocotidiano #regulamentastf #legalizastf #eufumomaconha #ismokeweed #retrato #retratos #portrait #portraits #maconha #420 #baseado #weedlover #ink #inked #tattoo #enjoythesilence #joint #gethigh #stoner #highlife #hightime #weediquette #420nation #710 #cannaseur #ganjapreneur

Uma publicação compartilhada por BASEADO NO COTIDIANO (@baseadonocotidiano) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

QUAL CÊ MAIS GOSTOU? 🙄🤔 Ontem falei sobre a importância de gastarmos nosso suado papelzinho – vulgo dinheiro – com produtos, projetos e conteúdos com os quais nos identificamos e de pessoas comuns, como nós, que tão no corre pra ganhar o seu fazendo o que acreditam. 👌 E nesse bonde pesadão eu me incluo e incluo também o cérebro por trás do @cannabicomix, @navarronavas, um puta ilustrador que leva a causa cannabica como bandeira e combustível principal para sua arte. 🔥 Foi nessa vibe que nos juntamos pra criar uma cartela de adesivos pra vocês. Eu com a cara e as ideias, ele com o talento que Jah e o trabalho duro lhe deram. E saiu isso aí. Um pedaço de mim pra vocês. ❤️ Para alguns podem ser apenas simples adesivos, pra mim são artes exclusivas que refletem quem eu sou, o que eu acredito e o que eu quero dizer. E eu só posso agradecer a ele por tamanha sensibilidade e genialidade e dizer que eu espero que um dia ele ganhe PAPEL PRA CARALHO fazendo o que faz pq o trampo dele é demais. 👌🔥 E se você quiser ajudar a fortalecer o corre de dois sonhadores que teimam em fazer o que amam, e de quebra adquirir sua cartela-pedaço-de-nós, é só comprar pela loja online do @cannabicomix pela bagatela de R$25 golpes com frete incluso!! Fortaleça quem corre COM e POR você. 💪❤️ TAMO JUNTO NESSA PORRA! ps: pra comprar é só ir no link que tá na bio do @cannabicomix. 😎 bjs de luz! . . . .fotos: @sheilasemc . . . . #NAHBRISA #cannabicomix #maconha #weed #cannabis #cannabissociety #girlpower #pussypower #feministart

Uma publicação compartilhada por Natália | ANTIFA (@nahbrisa) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Foi muito bom. Rs. #descriminalizastf @drikacoelho. Mudei a descrição do perfil pra causa, Intao vamo causar. Rsrs

Uma publicação compartilhada por Gilberto Castro (@playmogilgr) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Maconha é sagrada ou é pecado? Se liga que saiu o Top10 de religiões maconhistas! Link na Bio!

Uma publicação compartilhada por Canal umdois (@canalumdois) em

#PraCegoVer: fotografia (de capa) de uma mão fazendo com os dedos o sinal de chifre com o polegar pra fora, que significa “ILY” (nas siglas em inglês para a expressão “eu te amo”), saindo de dentro de um cultivo de maconha. Créditos da foto: Phill Whizzman.

lazy placeholder Cannabis Influencers: a importância dos influenciadores na cultura canábica

Sobre Dave Coutinho

Carioca, Maconheiro, Ativista na Luta pela Legalização da Maconha e outras causas. CEO "faz-tudo" e Co-fundador da Smoke Buddies, um projeto que começou em 2011 e para o qual, desde então, tenho me dedicado exclusivamente.