Shivaratri: em festival, Hindus fumam maconha pelo deus Shiva

Shivaratri Festival homenagem Shiva Shivaratri: em festival, Hindus fumam maconha pelo deus Shiva

Enquanto no Brasil, um líder religioso é mantido preso por fazer uso da maconha em seus rituais, na Índia e no Nepal, homens sagrados na religião hindu fumam a erva como forma de homenagear o deus Shiva.

Maha Shivaratri ou apenas Shivratri é uma festa religiosa celebrada na 13ª noite do mês de Magha/Phalguna, no calendário hindu, pelos devotos que oferecem orações especiais ao deus Shiva, o qual acredita-se ser o deus da destruição e da dança cósmica. O Shivaratri (“ratri” em sânscrito significa ‘noite’) é a noite quando o Tandava Nritya dançou a dança da Criação, preservação e destruição. O festival é observado durante um dia e uma noite.

A celebração do Maha Shivaratri começa com uma vigília noturna que antecede o dia do festival durante o qual muitos devotos de Shiva oferecem orações especiais. Shiva é adorado na forma de um lingam, uma coluna vertical, arredondada (normalmente feita de granito, pedra sabão, quartzo, mármore ou metal), o que representa a força criativa do homem e a natureza infinita e indescritível de Deus, geralmente o lingam está ao lado da yoni, um símbolo da Deusa de Shakti, que representa a energia criativa feminina. Unidos representam a totalidade da criação, representam a união dos órgãos e a totalidade da criação.

Flores, incenso e outras ofertas são feitas, enquanto orações e cânticos devocionais são cantados. Bhang , uma elixir feito a partir da cannabis é consumida por muitos, na ocasião do Maha Shivaratri.

A celebração do Maha Shivaratri é atribuída a vários contos da mitologia Hindu. Um dos contos mais populares traça suas origens até uma mistura mística, chamado de Samudra Manthan produzido num oceano revolto e leitoso. De acordo com essa crença, quando os deuses e demônios estavam batendo o oceano de leite para obter amrita -o elixir da imortalidade, se depararam com muitas substâncias incomuns, incluindo um veneno mortal. Aterrorizado, os deuses se aproximaram de Shiva para pedir ajuda e compaixão por todos os seres vivos, Shiva bebeu o veneno para proteger o mundo, segurando-o na sua garganta ao invés de engoli-lo e transformou na sua conhecida garganta azul.

A celebração se caracteriza pela circundução de devotos em volta do lingam e a adoração por toda noite. Também são oferecidos os 5 alimentos de imortalidade: leite, manteiga calrificada, iogurte, mel e açúcar, que são colocados diante do lingam. A vigília durante a noite é mantida com o conto de histórias e canções, e é quebrada somente na manhã seguinte.

Uma das orações mais famosas recitadas ao Deus Shiva, por ocasião do Maha Shivaratri é o mantra Mahamrityunjaya, também conhecido como o mantra da libertação e renovação, afastando doenças e mortes.

Abaixo estão as palavras do mantra em sânscrito e seu significado

“OM TRYAMBAKAM YAJAMAHE SUGANDHIM PUSHTIVARDHANAM URVARUKAMIVA BANDHANAN MRITYOR MUKSHIYA MAAMRITAT”

“Saudações ao Senhor Shiva, aquele que possui três olhos,
que, como uma fragrância, permeia, sustém e nutre a todos.
Que todos nós possamos estar livres das doenças, do envelhecimento e da morte, e receber o néctar (amritam) que remove a ignorância, nos traz a libertação e a vida eterna.”

Artigo originalmente publicado no HuffPost, traduzido, adaptado e publicado pelo Smoke Buddies em 28 de fevereiro de 2014

mm

Sobre Dave Coutinho

Carioca, Maconheiro, Ativista na Luta pela Legalização da Maconha e outras causas. CEO "faz-tudo" e Co-fundador da Smoke Buddies, um projeto que começou em 2011 e para o qual, desde então, tenho me dedicado exclusivamente.
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário