Em entrevista Ras Geraldinho fala sobre sua condenação, sistema, maconha e vida na prisão

 Em entrevista Ras Geraldinho fala sobre sua condenação, sistema, maconha e vida na prisão

No país onde donos de aeronaves carregadas de drogas são absolvidos e filho de desembargadora tira férias em clínica de repouso, o caso de Ras Geraldinho mostra que o Brasil não é uma terra onde a “lei é para todos”. E quem fala mais sobre isso é o próprio líder religioso que está preso desde 2012, em Hortolândia/SP, em uma entrevista exclusiva para o Torrando com Tomazine.

Ras Geraldinho é rastafari líder religioso da 1ª Igreja Niubingui Etiope Copic de Sião do Brasil e foi condenado a 14 anos de cadeia por plantar maconha no seu templo, isso aconteceu em 2012. Cinco anos depois, Thiago Tomazine foi no presídio onde ele se encontra, em Hortolândia/SP, para ouvir o que esse líder religioso e militante pela legalização tem a dizer.

“Eu nunca imaginei ser preso na vida por alguns motivos, eu acreditava na constituição brasileira hoje em dia eu continuo tendo fé, mas acreditar já não dá mais.”

Quase 30 minutos de um bate-papo descontraído, dentro do presídio. Vale muito a pena assistir até o fim.

 Em entrevista Ras Geraldinho fala sobre sua condenação, sistema, maconha e vida na prisão

 Em entrevista Ras Geraldinho fala sobre sua condenação, sistema, maconha e vida na prisão

Sobre Dave Coutinho

Carioca, Maconheiro, Ativista na Luta pela Legalização da Maconha e outras causas... um dos responsáveis e 'faz-tudo' do Smoke Buddies.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *