Dossiê CQM: As redes sociais defendem a maconha

redes sociais defendem maconha e voce nao sabia Dossiê CQM: As redes sociais defendem a maconha

Apesar de ainda ser abordada de forma negativa pela mídia tradicional, nas redes sociais a maconha é um dos assuntos mais citados e com a maioria das menções feitas de forma positiva, segundo revela o novo dossiê levantado pelo blog Comunica Que Muda da agência nova/sb.

A partir de sua plataforma Comunica Que Muda, a agência de propaganda nova/sb monitorou, entre os dias 12 de março e 8 de abril, blogs, comentários de sites e as redes do Instagram e Twitter e captou um total de 555.280 menções relacionadas à maconha.

Mapas de calor, números de menções e nuvens de termos mais citados foram as métricas utilizadas para levantar, por meio de amostragem aleatória, os dados que foram classificados por tipo e assunto. Confira abaixo como está a popularidade da erva nas redes sociais, de acordo com Dossiê CQM:

Sentimento por número de menções
Mesmo ainda criminalizada no Brasil. A maconha é pop nas redes.

Positivo/favorável: 72%

Neutro: 14%

Negativo/contrário: 14%

Total de postagens por Estado
Quando se fala sobre maconha, o assunto pega fogo no RJ e em SP.

Rio de Janeiro: 34%

São Paulo: 18,5%

Minas Gerais: 9,3%

Espírito Santo: 5,5%

Rio Grande do Sul: 4,4%

 Dossiê CQM: As redes sociais defendem a maconha

#PraCegoVer: ilustração com o desenho de uma folha de maconha nas cores verde claro, amarelo e vermelho, com os textos em branco “72% positivo” perto da parte verde, “14% neutro” próximo à parte amarela e “14% negativo” ao lado da parte vermelha, além do texto “555.280 pessoas falando sobre maconha durante um mês nas redes.”, com um fundo verde com desenhos da folha da maconha.

Total de postagens por gênero
E são as mulheres que falam mais sobre maconha, além de serem mais favoráveis.

Feminino: 56% (73% são a favor; 16,1% tem posição neutra; 10,1% são contrárias).

Masculino: 44% (63,9% favoráveis; 15,7% neutros; 20,4% contrários).

 

“É proibido. Mas a droga circula. E quem vai para a cadeia são os pobres usuários, sobretudo mulheres.” Fernando Henrique Cardoso

 

Total de postagens separadas por tipos
Acende, puxa, prende e… compartilha!

Compartilhamentos: 59,6% (79% favoráveis; 10% neutros; 11% contrários).

Opiniões: 18,1% (58% favoráveis; 13% neutras; 29% contrárias).

Depoimentos: 13,7% (72% favoráveis; 23% neutros; 5% contrários).

Piadas: 6,1% (67% favoráveis; 27% neutras; 6% contrárias).

Notícias: 2,5%

 Dossiê CQM: As redes sociais defendem a maconha

Sentimento no compartilhamento de notícias
Quando a maconha leva a pior

Se na maioria das postagens há uma defesa da maconha, o mesmo não ocorre no noticiário. Isso porque o assunto está nas páginas policiais, de forma negativa, sem fazer o debate sobre a importância da guerra às drogas.

Negativo/contrário: 54%

Positivo/favorável: 32%

Neutro: 14%

 

Nuvem de termos mostra quais as palavras com maior repetição nos comentários, e as cores representam os sentimentos relacionados a elas.
Achou que “maconheiro” era um termo negativo? Achou errado… Nas redes, a palavra é mais citada de forma positiva.

 Dossiê CQM: As redes sociais defendem a maconha

#PraCegoVer: ilustração da nuvem de palavras verdes, amarelas e vermelhas com um fundo preto.

Verde: positivo/favorável – Amarelo: neutro – Vermelho: negativo/contrário.

 

Total de postagens em que a pessoa assume publicamente que é usuária
Maconheiro, com muito orgulho e muito amor. De todo mundo que falou sobre maconha nas redes, mais de ¼ assume publicamente que gosta de fumar a erva.

 Dossiê CQM: As redes sociais defendem a maconha

#PraCegoVer: ilustração com fundo preto e as escritas em verde “Que brisa” e “28,1% assumidamente usuários” ao lado de um bonequinho verde falando ao headphone e abaixo as figuras de vários bonequinhos, a maioria amarelos e sem headphone, representando as pessoas que não assumem o uso.

 

 Dossiê CQM: As redes sociais defendem a maconha

Postagens citando a guerra às drogas pelo total de menções
Nas redes, muitos falam, mas poucos manjam sobre o que importa.

 Dossiê CQM: As redes sociais defendem a maconha

#PraCegoVer: ilustração com fundo preto e a escrita em branco “Guerra às Drogas” com uma cabeça vestindo touca ninja em verde no meio das duas palavras, logo abaixo o desenho de uma folha de maconha ao lado do texto”95,5% total” em verde e o desenho de uma arma ao lado do texto “4,5% guerra às drogas” em amarelo, e no final o desenho de várias folhas de maconha e uma arma representando que a minoria faça sobre o tema.

 

Postagens citando legalização/descriminalização pelo total de menções
Legalização e descriminalização.

 Dossiê CQM: As redes sociais defendem a maconha

#PraCegoVer: ilustração com o desenho de uma folha de maconha ao lado da escrita “94,5% total” em verde e de uma balança ao lado do texto “5,5% legislação” em amarelo, abaixo o desenho de várias folhas de maconha e uma balança, mostrando que a minoria fala sobre a legalização/descriminalização.

 

Postagens citando maconha medicinal pelo total de menções
A maconha medicinal já é reconhecida em muitos lugares do mundo como remédio importantíssimo para diversas doenças. E ainda tem gente com falta de informação sobre a maconha.

 Dossiê CQM: As redes sociais defendem a maconha

#PraCegoVer: ilustração de uma folha da maconha com sua grande parte em verde ao lado do texto “98,6% maconha recreativa” e a outra parte pequena em amarelo ao lado do texto “1,4% maconha medicinal”.

Quase todo mundo tem uma opinião sobre o assunto. Mas aborda isso de forma pouco embasada, muito mais pelas próprias experiências pessoais, sem tocar nos temas centrais da discussão.

 Dossiê CQM: As redes sociais defendem a maconha

Sentimento com relação à legalização/descriminalização
Mas quando o papo fica sério… Legalize já!

Positivo/favorável: 81,9%

Neutro: 4,1%

Negativo/contrário: 14%

 

Sentimento com relação à guerra às drogas
Faça amor, não faça guerra. Pelo menos nas redes o amor vence.

Negativo/contrário: 65%

Positivo/favorável: 29%

Neutro: 6%

 

Sentimento com relação à maconha medicinal
Benefícios medicinais. O remédio da cannabis.

Positivo/favorável: 91,7%

Neutro: 8,3%

Nenhum comentário contra a maconha medicinal.

 

“Querem nos limitar de ir muito mais além. É muito fácil criticar sem se informar.” Planet Hemp

Link para download do dossiê em PDF: http://s23852.pcdn.co/wp-content/uploads/2018/05/pdffinalmaconha-1.pdf

Leia também: Descriminalização da maconha registra apoio recorde no Brasil

#PraCegoVer: ilustração com a frase “As redes sociais defendem a maconha e você nem sabia” sob um fundo feito com várias folhas de maconha na cor verde.