Compra de US$ 850 milhões é o maior negócio do setor de maconha dos EUA

cultivo industrial eua Compra de US$ 850 milhões é o maior negócio do setor de maconha dos EUA

Empresa fruto do maior negócio envolvendo duas empresas do setor de maconha focadas nos EUA terá licenças para operar até 200 instalações em 16 Estados e territórios. As informações são da Bloomberg, via Uol Economia.

A Harvest Health & Recreation está adquirindo a empresa de capital fechado Verano Holdings por cerca de US$ 850 milhões no maior acordo do setor de maconha dos EUA.

A empresa combinada terá licenças para operar até 200 instalações em 16 estados e territórios, incluindo 123 dispensários do varejo, transformando-se em uma das maiores operadoras interestaduais dos EUA, informaram as empresas nesta segunda-feira. A empresa terá mais de 70 dispensários, 13 instalações de cultivo e 13 instalações de manufatura em operação até o fim de 2019.

O acordo “nos dará uma posição de liderança em um dos maiores mercados de cannabis do mundo”, disse o presidente do conselho da Harvest, Jason Vedadi, em comunicado.

O interesse do investidor vem mudando rapidamente do Canadá, que legalizou o uso de maconha recreativa em outubro, para os EUA, onde mais estados a estão legalizando, apesar de a droga continuar ilegal na esfera federal. O gasto dos consumidores americanos com cannabis legalizada deverá chegar a US$ 22,2 bilhões em 2022 e os gastos dos canadenses deverão somar US$ 5,9 bilhões, segundo um relatório de janeiro da Arcview Market Research e da BDS Analytics.

A Harvest, que tem sede em Phoenix, no estado do Arizona, nos EUA, dará aos acionistas da Verano uma combinação de ações subordinadas e múltiplas ações com direito a voto por um preço de compra total estimado em US$ 850 milhões com base no preço da ação de 8,79 dólares canadenses. As ações da Harvest, que são negociadas na Canadian Securities Exchange, subiram 10 por cento, para 9,47 dólares canadenses, às 10:15 desta segunda-feira. O acordo deve ser fechado no primeiro semestre deste ano.

“Apesar de acreditarmos que esse acordo parece aumentar significativamente a plataforma verticalmente integrada da Harvest nos EUA”, a divulgação dos detalhes, como o múltiplo da transação, continua escassa, escreveu Matt Bottomley, analista da Canaccord Genuity, em nota.

Posicionamento único

Se concluída, a aquisição será o maior negócio envolvendo duas empresas do setor de maconha focadas nos EUA, segundo dados compilados pela Bloomberg. A Harvest tem um valor de mercado de 2,65 bilhões de dólares canadenses (US$ 1,98 bilhão), o que a transforma na terceira maior empresa de cannabis dos EUA depois da Green Thumb Industries e da Curaleaf Holdings.

“Nosso crescimento e posicionamento únicos nos principais mercados nos permitiram avaliar alguns dos maiores atores do mercado, mas só tivemos uma escolha unânime para uma grande transação e esta foi a Harvest”, disse George Archos, CEO da Verano, que tem sede em Chicago, em comunicado.

A Eight Capital está atuando como assessoria financeira da Harvest e a Infor Financial atuou como assessoria financeira do comitê especial do conselho da Harvest.

Leia também:

Quer ser um diretor de cannabis e ganhar R$ 450 mil? A Flórida tem o trabalho para você

#PraCegoVer: fotografia (de capa) em vista superior de um cultivo de maconha em larga escala no interior de um galpão com vários ventiladores industriais instalados em toda a sua extensão, nas paredes, acima das plantas e, em um corredor entre elas, um homem careca usando óculos escuros  manuseia as mesmas.

lazy placeholder Compra de US$ 850 milhões é o maior negócio do setor de maconha dos EUA

Sobre Smoke Buddies

O Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. http://www.smokebuddies.com.br