Canabidiol diminui vontade de fumar

 Canabidiol diminui vontade de fumar

Nova pesquisa científica aumenta o rol de condições tratadas pelo canabidiol. O estudo publicado na revista Addiction revela que o CBD é eficaz na redução dos efeitos da abstinência do tabaco. Saiba mais com as informações da Motherboard / VICE Brasil.

O canabidiol (CBD), uma substância encontrada na maconha, pode ajudar os viciados em cigarros a diminuir o hábito e até a deixá-lo. A conclusão foi publicada num estudo científico da revista Addiction há alguns dias e, segundo especialistas, pode ser um passo significativo para encontrar uma solução eficaz que diminua a abstinência da nicotina.

De acordo com a pesquisadora Chandni Hindocha, da University College de Londres, na Inglaterra, o sistema sobre o qual a maconha age, o endocanabinoide, tem uma forte associação com o consumo de cigarros. “Temos pesquisado o CBD na dependência de maconha há cinco anos. A dependência e a abstinência da cannabis são muito parecidas com as do tabaco”, contou ao Motherboard.

A ideia da pesquisa partiu de outro estudo realizado no mesmo laboratório em que ela trabalha. O resultado mostrou que o canabidiol provoca redução de 40% na quantidade de cigarros fumados. “É importante entender não apenas que uma droga funciona, mas como ela funciona”, diz.

Leia: Maconha pode aliviar vício em heroína, diz estudo

Para investigar melhor a ação do canabidiol no organismo, Hindocha estudou 30 fumantes dependentes de cigarro. Eles receberam uma dose de 800 miligramas da substância. A hipótese da pesquisadora era a de que a presença do composto da maconha no organismo consegue diminuir o desejo dos fumantes por cigarros e também pela erva cannabis. Isso mesmo: a presença do canabidiol diminui a vontade de fumar, seja um baseado ou um careta. O sistema endocanabinoide, explica a especialista, é um importante regulador do corpo e do cérebro, essencial para controlar o estresse e modular recompensas.

Metade dos pesquisados recebeu o canabidiol e outra metade, placebo. Quem tomou placebo mostrou mais vontade de fumar, depois de passar por um período de 12 horas de abstinência, do que aqueles que tomaram o canabidiol. De acordo com Hindocha, existe a possibilidade de que a substância auxilie os dependentes de nicotina a sentir menos os efeitos da abstinência, já que deixa a pessoa menos suscetível aos gatilhos que a leva a fumar.

Para se ter uma ideia do poder do canabidiol, o resultado é o equivalente ao de quem acabou de fumar um cigarro. “Isso é importante porque pode ser um sinal de sucesso futuro em deixar o vício de fumar”, afirma Hindoche. O próximo passo agora, afirma, é aprofundar o uso do CBD para diminuir o consumo de cigarro e, se tudo der certo, começar a usá-lo para o tratamento de outros vícios.

E é bom avisar que o canabidiol não dá barato, portanto, qualquer medicação feita dessa substância no futuro será apenas um remédio sem graça na farmácia.

Leia também: Álcool e tabaco causam mais mortes no mundo do que todas as drogas ilícitas juntas

#PraCegoVer: fotografia de capa em close da parte de um rosto com barba fumando um cigarro industrializado de tabaco com um fundo preto.

 Canabidiol diminui vontade de fumar

Sobre Smoke Buddies

O Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. http://www.smokebuddies.com.br