Ação do Conselho de Psicologia sobre uso de drogas e redução de danos gera polêmica

crp al Ação do Conselho de Psicologia sobre uso de drogas e redução de danos gera polêmica

Exemplo a ser seguido: o Conselho Regional de Psicologia de Alagoas, seguindo diretrizes do SUS, distribuiu panfletos com orientações para redução de danos no consumo de drogas, durante as prévias de carnaval. Ação que gerou polêmica nas redes sociais.

Uma iniciativa do Conselho Regional de Psicologia de Alagoas (CRP-AL) para uma ação de conscientização durante as prévias de Carnaval tem gerado polêmica. Um panfleto com orientações para a redução de danos no consumo de drogas distribuído na sexta e neste sábado (23) não foi bem recebido por alguns foliões, conforme informou o TNH1.

O material assinado pela Comissão de Direitos Humanos do CRP-AL lista algumas drogas ilícitas consumidas em grande quantidade durante eventos como o Carnaval e, abaixo de cada uma, traz orientações como: “Dê preferência para bongs e vaporizadores”, no caso da maconha; “espere os batimentos cardíacos normalizarem antes da próxima”, para o loló; e “não utilize notas de dinheiro para inalar”, no caso da cocaína.

Nas redes sociais, imagens do material com comentários como “Absurdo” circulam desde a noite de ontem. Muita gente acreditou que a foto do panfleto era falsa.

lazy placeholder Ação do Conselho de Psicologia sobre uso de drogas e redução de danos gera polêmica

#PraCegoVer: captura da tela de um celular que mostra a foto do panfleto, onde pode-se ver o slogan da campanha no canto superior esquerdo “(Res)PIRE: reduzir para aproveitar” e logo abaixo o texto “Ação educativa sobre as POLÍTICAS DE REDUÇÃO DE DANOS”, seguindo com os tópicos “MACONHA”, “LOLÓ, THINNER, LANÇA PERFUME”, “COCAÍNA” e “LSD, ECSTASY, MDMA”; imagem que está circulando as redes sociais junto dos dizeres “Olha só o que estava sendo distribuído no Jaraguá!”, “ABSURDO!”.

Mas em entrevista ao portal TNH1, a presidente do CRP-AL, Laeuza Farias confirmou a veracidade do material. Ela disse que a intenção da Comissão de Direitos Humanos foi esclarecer sobre o uso de drogas, ilícitas e lícitas, como o álcool, e garantir a aplicação da política de redução de danos, conforme determina o Sistema Único de Saúde (SUS).

“Nossa função é esclarecer, não é incentivar o uso de nenhuma droga, mas reconhecemos que na sociedade o uso existe. Falamos sobre substâncias psicoativas, que todo mundo sabe que existem, mas quem usa não diz”, defende.

Aceitação

A psicóloga afirma ainda que a aceitação do material vai ser analisada com base em relatórios, mas ela admite que a rejeição ao tipo de política existe.

“Para algumas pessoas, não interessa a forma que a gente aborde, porque sempre vão achar que é incentivo ao uso de drogas, vão achar que é errado. As pessoas acham que não falando a respeito das coisas é como se elas não existissem”, diz.

Ela compara com a distribuição de camisinhas, que defende não ser um incentivo à prática sexual, mas à prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. E ainda aponta outro grave problema social que tem crescido, mas com menor atenção, que é o uso abusivo de medicamentos.

“A gente tem que se pautar de forma pedagógica para uma vida harmônica em todos os sentidos. Educação é saúde. Serve para esclarecer, até para que as pessoas busquem ajuda”, reforça.

Não há previsão de uma nova campanha semelhante em Alagoas, mas a ação deste fim de semana será avaliada, e serão consideradas a recepção das pessoas na folia e a repercussão virtual, segundo a presidente do CRP.

Leia também:

Especial Vice: Redução de danos, a política pública que nunca se concretizou inteiramente no Brasil

#PraCegoVer: imagem de capa é a captura da tela de um celular que mostra parte da foto do panfleto, onde pode-se ver o slogan da campanha no canto superior esquerdo “(Res)PIRE: reduzir para aproveitar” e logo abaixo o texto “Ação educativa sobre as POLÍTICAS DE REDUÇÃO DE DANOS” e o primeiro dos tópicos que fala sobre a “MACONHA”; imagem que está circulando as redes sociais junto dos dizeres “Olha só o que estava sendo distribuído no Jaraguá!”, “ABSURDO!”.

lazy placeholder Ação do Conselho de Psicologia sobre uso de drogas e redução de danos gera polêmica

Sobre Smoke Buddies

O Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. http://www.smokebuddies.com.br