50420 FOI VISTO POR UM MILHÃO EM UMA SEMANA!

50420 andre barros video viraliza candidato da maconha 50420 FOI VISTO POR UM MILHÃO EM UMA SEMANA!

Em vídeo gravado em uma plantação autorizada pela Justiça Brasileira, André Barros, advogado, ativista, colunista da Smoke Buddies e candidato a Deputado Estadual pelo PSOL no Rio de Janeiro, atinge a marca de 1 milhão de views. Em tempos onde ideologias fascistas, racistas, homofóbicas, entre outras, essa marca é uma grande vitória para André e para todo o ativismo canábico. Entenda mais sobre o caso na coluna da semana.

“Meu nome é André Barros, 52 anos, carioca, mestre em Ciência Penal, sou advogado da Marcha da Maconha e candidato a Deputado Estadual – Nesta eleição, não esqueça: baseado na sua consciência, baseado na sua mente, aperta 50420, 50 do Sol, 4 e 20 da planta. Depois, não esquece, confirma, aperta de novo, o verde.”

Este é o texto que falei no sensacional vídeo gravado por meu amigo Ique Larica. O cenário é uma linda plantação, autorizada pela Justiça para uso medicinal. Publicamos este vídeo aos 2 primeiros minutos do primeiro dia em que a campanha eleitoral foi permitida por lei. Em uma semana, foi visualizado por 1 milhão de pessoas. Na linguagem da internet, podemos dizer que o vídeo viralizou. Neste momento tão triste para a história do Brasil, com o crescimento dos fascistas, que lançam abertamente o seu cardápio de terror e um candidato a presidente do país, quando milhões não querem sequer votar, ter um vídeo sobre política com tal alcance é uma grande felicidade.

O vídeo mostra a força da causa da maconha com quase 20 mil compartilhamentos no Facebook, sem termos a possibilidade de saber a quantidade que circulou por WhatsApp. Trata-se de um vídeo político de um candidato que está há muitos anos na luta pela legalização da maconha e, com ela, a mudança dessa política racista de segurança pública. É importante registrar que a única forma de mudar esta sociedade brutalmente desigual é através da política. No entanto, a mídia oficial é concentrada nas mãos de poucos, e irresponsavelmente presta um enorme desserviço à nação ao imputar à política a causa de todos os males. Essa mídia do capital, que não pode informar que esses políticos das quadrilhas dos milhões, na realidade trabalham e prestam enormes serviços às quadrilhas dos bilhões. Formadas por capitalistas milionários e bilionários, que assaltam bilhões do erário em obras e serviços públicos, combinando o preço e quem vai vencer a concorrência.

Com boa dose de ironia contra toda a hipócrita criminalização da maconha, o vídeo consiste numa apresentação e é muito sério. Com termos jurídicos, apresenta o currículo acadêmico e de lutas de André Barros, candidato a Deputado Estadual do Rio de Janeiro. O número da candidatura é simbólico. O 50 do PSOL, que é o número do Partido Socialismo e Liberdade, e o 420 da planta, pois 420 era o código que a polícia de Nova Iorque usava para casos relacionados à maconha e também a senha de estudantes da Califórnia para fumar maconha. Por isso, 20 de abril virou o Dia Internacional da Maconha, que, em inglês, é escrito na forma 4/20, em função do mês 4 e do dia 20.

É um vídeo de enfrentamento de alguém que tem base jurídica e está na luta há muito tempo e tem consciência do que está fazendo. Quando digo que sou advogado da Marcha da Maconha pode parecer esquisito, pois esta “pessoa jurídica” não existe e a Marcha é um evento político. Mas sou um dos autores e signatários da representação encaminhada à Procuradoria-Geral da República em 2009 contra 10 decisões judiciais que proibiram a realização da Marcha em 10 cidades do Brasil. Essa representação gerou a Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental – ADPF 187, julgada em 15 de junho de 2011, e garantiu a realização da Marcha da Maconha em todo o Brasil pelo Supremo Tribunal Federal. A decisão do STF garantiu que nenhuma autoridade brasileira pode interpretar que a Marcha da Maconha está praticando o crime de apologia e que o evento está garantido pelo direito de reunião e manifestação, exercício direto da democracia, onde todas e todos têm o direito de lutar pela mudança de uma lei. Trata-se apenas de uma pequena demonstração do que vou fazer no plenário da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – ALERJ.

*ANDRÉ BARROS é advogado da Marcha da Maconha, vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ e candidato a Deputado Estadual pelo PSOL no nº 50.420.


#PraCegoVer: 
Imagem de capa mostra captura do trecho do vídeo publicado pelo candidato onde ele aparece em primeiro plano fazendo sinal de ok com as mãos e a legenda 50420 André Barros Deputado Estadual.

 

 50420 FOI VISTO POR UM MILHÃO EM UMA SEMANA!

Sobre André Barros

ANDRÉ BARROS é advogado da Marcha da Maconha, vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ e candidato a Deputado Estadual pelo PSOL no nº 50.420.